O Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgado nesta sexta-feira, 31, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou alta de 0,94% em setembro. Já o IPP de agosto foi revisado de 0,48% para 0,49%. Como resultado, no acumulado de 2014, o indicador teve alta de 2,06%, e, em 12 meses, a taxa ficou em 2,87%.

As maiores contribuições para a alta de 0,94% do IPP no período foram de bebidas (0,21%), veículos automotores (0,19%), metalurgia (0,18%) e outros produtos químicos (0,14 %).

Indústria da transformação

A indústria da transformação registrou aumento de preços na porta de fábrica em 16 das 23 atividades pesquisadas na passagem de agosto para setembro. As maiores altas foram em bebidas (7 04%), impressão (2,36%), metalurgia (2,22%) e fumo (1,81%), segundo dados do IPP.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]