i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Sondagem FIEP

Industriais paranaenses estão confiantes na retomada do crescimento em 2017

Apesar da positividade, este é o segundo menor nível de otimismo captado pela pesquisa, acima apenas do registrado para o ano de 2016, de cerca de 32%

  • PorGetulio Xavier, especial para a Gazeta do Povo
  • 14/12/2016 16:11
 | Albari Rosa/Gazeta do Povo
| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Apesar do efeito prolongado da crise econômica, os industriais de empresas paranaenses estão otimistas para 2017. De acordo com a 21ª Sondagem Industrial, realizada anualmente pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), 55,11% dos industriais responderam que as expectativas para o ano que vem são favoráveis. O índice é parecido entre os micro e pequenos empresários – 55,31% responderam positivamente sobre as projeções para o próximo ano. Apesar da positividade, este é o segundo menor nível de otimismo captado pela pesquisa, acima apenas do registrado para o ano de 2016, de cerca de 32%.

Siga a Gazeta do Povo no LinkedIn

A aposta da maioria dos industriais paranaenses é a de que os investimentos no setor devem voltar a acontecer em 2017. Entre os otimistas, 34,46% afirmam que devem fazer novos investimentos e mais de 46% acreditam em um aumento nas vendas, números bem semelhantes também entre micro e pequenas indústrias. De acordo com o levantamento, o foco deve se concentrar na melhoria de processos, desenvolvimento de produtos e modernização tecnológica. Ainda de acordo com a Fiep, quase 72% desses investimentos virão de recursos dos próprios empresários.

Paraná tem oito cidades entre as 100 maiores economias do país

Curitiba apresenta o quinto maior PIB do país, segundo dados do IBGE

Leia a matéria completa

Tecnologia

De acordo com a pesquisa, os investimentos devem focar principalmente em melhorias de processos e implantação de novas tecnologias. Mantendo a situação ocorrida em 2016, a expectativa é que a indústria aposte ainda mais na utilização de máquinas e equipamentos automáticos. Para absorver essa modernização, cerca de 75% das empresas ouvidas dizem que pretendem treinar os próprios funcionários. Quando se trata de pesquisa Pesquisa e Desenvolvimento, a pesquisa da Fiep mostra que a maioria das empresas planeja desenvolver essa área internamente para não precisar recorrer a alternativas de terceiros.

Essa situação coloca as empresas do Paraná em pé de igualdade em um cenário nacional, mas ainda com uma certa defasagem no nível internacional, como apontaram 38,9% dos industriais. Outro reflexo desse desenvolvimento tecnológico é o aumento da produtividade e da qualidade dos produtos registradas pelos empresários. Apenas 8,06% não tiveram aumento na produtividade e mais de 63% tiveram significativa melhora na qualidade dos produtos.

Empregos

O aumento da modernização no processo produtivo também foi apontado como responsável pela expectativa baixa quando se trata da geração de novos empregos.Na prática, apesar da possível melhora nos investimentos e das vendas, apenas 19,49% dos otimistas afirmam que devem gerar novos postos de trabalho. Na outra ponta, entre os pessimistas, mais de 25% acreditam que terão que reduzir empregos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.