Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
O investimento estrangeiro no setor produtivo do Brasil aumentou 23% em 2021, após cair 45% no primeiro ano da pandemia.
O investimento estrangeiro no setor produtivo do Brasil aumentou 23% em 2021, após cair 45% no primeiro ano da pandemia.| Foto: Pixabay

Após sofrer uma queda de 45% no primeiro ano da pandemia, o investimento estrangeiro no setor produtivo do Brasil aumentou 23% em 2021, informou nesta quarta-feira (26) o Banco Central.

O chamado Investimento Direto no País (IDP) – também conhecido como Investimento Estrangeiro Direto (IED) – somou US$ 46,4 bilhões de janeiro a dezembro do ano passado, ante US$ 37,8 bilhões em 2020.

O valor investido em 2021 correspondeu a 2,89% do PIB, acima dos 2,61% do PIB do ano anterior. Esses valores representam o saldo do IDP, isto é, ingressos menos saídas de capital.

Em seu comunicado, o Banco Central destacou:

  • o aumento no ingresso de lucros reinvestidos (de US$ 5,5 bilhões em 2020 para US$ 14,2 bilhões em 2021);
  • a alta nas participações de capital - exceto lucros reinvestidos (de US$ 28,1 bilhões em 2020 para US$ 32,2 bilhões em 2021); e
  • a queda nas operações intercompanhia (que registraram ingressos líquidos de US$ 4,2 bilhões em 2020 e saídas líquidas de US$ 29 milhões em 2021).

Apesar do crescimento de 23% no acumulado do ano, os valores de 2021 ficaram abaixo dos patamares pré-pandemia. Em 2019, os estrangeiros investiram US$ 69,2 bilhões no setor produtivo brasileiro, ou 3,69% do PIB. Em 2018, foram US$ 78,2 bilhões, o equivalente a 4,08% do PIB.

A estatística do investimento direto não contabiliza dinheiro aplicado no mercado financeiro, considerado de curto prazo, e sim operações relacionadas à "economia real", menos voláteis. Entram no cálculo do IDP os recursos destinados por estrangeiros à compra de empresas, desenvolvimento de produtos, construção ou ampliação de fábricas e outras operações. Por outro lado, as saídas de capital produtivo ocorrem, por exemplo, quando filiais remetem lucros às matrizes no exterior.

Em dezembro, quase US$ 4 bilhões deixaram o país, maior saída da história

Os números do investimento estrangeiro no Brasil pioraram significativamente em dezembro, pois no mês as saídas de capital superaram os ingressos em US$ 3,9 bilhões.

Esse saldo negativo foi o pior resultado mensal da série histórica iniciada em 1995. Saídas líquidas de IDP são muito raras. Antes, apenas dois meses registraram saldos negativos desse tipo de aplicação: julho de 2016 (-US$ 103 milhões) e março de 1995 (-US$ 24 milhões).

Em entrevista coletiva, o chefe do departamento de estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, atribuiu o resultado a um forte aumento nas remessas de lucros para o exterior. Segundo o BC, em dezembro o saldo das transações de participação no capital ficou negativo em US$ 2,3 bilhões, enquanto as operações intercompanhia registraram saídas líquidas de US$ 1,6 bilhão.

Até novembro, o fluxo em 12 meses indicava um IDP de US$ 51,5 bilhões, ou 3,21% do PIB. Com a saída de recursos de dezembro, esses valores caíram para US$ 46,4 bilhões e 2,89% do PIB.

Dados do Banco Central mostram crescimento menor que o estimado pela Unctad

Os dados do Banco Central, que registra todas as movimentações formais de dinheiro estrangeiro no país, divergem das estimativas publicadas na semana passada pela Unctad, a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio de Desenvolvimento.

A Unctad também apontou crescimento, porém muito mais forte. Pelos cálculos preliminares da organização, o investimento no Brasil mais que dobrou, aumentando de US$ 28 bilhões em 2020 para US$ 58 bilhões em 2021.

Série histórica do investimento estrangeiro no setor produtivo do Brasil

Confira a seguir a série histórica do investimento estrangeiro no setor produtivo do Brasil, segundo os registros do Banco Central:

AnoInvestimento (US$ bilhões)
19954,4
199610,8
199719,0
199828,9
199928,4
200033,0
200123,2
200216,6
200310,1
200418,2
200515,5
200619,4
200744,6
200850,7
200931,5
201082,4
2011102,4
201292,6
201375,2
201487,7
201564,7
201674,3
201768,9
201878,2
201969,2
202037,8
202146,4
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]