i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Petróleo

Investimentos da Petrobras não serão afetados por crise, diz Gabrielli

Petrobras precisa captar anualmente até 2015 entre 7 e 12 bilhões de dólares para implementar seu plano de desenvolvimento 2011-2015

  • PorAFP
  • 20/12/2011 13:57

A crise internacional não afetará os planos de investimento da gigante brasileira Petrobras, afirmou nesta terça-feira (20) o presidente da companhia, Sergio Gabrielli.

"A Petrobras captou 18 bilhões de dólares em 2011 e não visualizamos nenhum problema grande de captação decorrente da crise para 2012, a não ser que ocorra uma catástrofe econômica mundial", disse Gabrielli à jornalistas ao fazer um balanço do ano.

"A maioria das empresas petroleiras do mundo está aumentando seus investimentos, pois está aumento o consumo de combustível em países como China, Índia e África do Sul", disse. "Não há expectativa de redução da demanda de petróleo", afirmou.

Almir Barbassa, diretor financeiro da Petrobras, recordou que a metade dos 18 bilhões de dólares foram captados no mercado internacional. "Temos a liquidez financeira necessária para realizar todos os investimentos previstos até que passe a crise", afirmou Barbassa.

O diretor admitiu, no entanto, que os bancos europeus são uma fonte de recursos para a Petrobras e terão que reduzir suas linhas de créditos por conta da crise. "Temos que estar preparados", disse Barbassa, que prevê um ano de 2012 com muita volatilidade no âmbito financeiro.

A Petrobras precisa captar anualmente até 2015 entre 7 e 12 bilhões de dólares para implementar seu plano de desenvolvimento 2011-2015, estimado em 224 bilhões de dólares, e entre 12 e 18 bilhões se levado em conta a amortização da dívida, disse Barbassa.

De acordo com o Plano de Negócios da empresa, estão previstos investimentos de 13,2 bilhões de dólares na área de Gás e Energia, sendo 5,9 bilhões para conversão de gás natural em derivados.

Em outubro, a Petrobras produziu 2,14 milhões de barris de petróleo por dia, sendo a maior parte no Brasil.

A produção de petróleo e gás natural aumentou em outubro 3,3% em relação ao mesmo mês de 2010, com uma média de 2,35 milhões de barris equivalentes de petróleo por dia (bep/d), de acordo com informações da empresa.

A produção total de gás natural e petróleo da empresa foi de 2,6 milhões de bep, uma alta de 2,9% em relação ao mesmo mês de 2010. A produção exclusiva de petróleo em campos brasileiros foi de 2 milhões de bep/d no período.

Já a produção de gás e petróleo somados alcançou 247.594 bep/d fora do Brasil. No Brasil, a produção de gás natural alcançou 56,9 milhões de m3/d.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.