i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
projetos

Itaipu terá centro de estudos voltado para a preservação das águas

Ideia é que o conhecimento gerado nesses laboratórios subsidiem projetos relacionados à questão das águas, no Brasil e no mundo. Investimento na unidade de Itaipu será de R$ 20 milhões nos cinco primeiros anos

  • PorAgência Brasil
  • 18/06/2010 17:25

Um acordo de cooperação técnico-científico assinado nesta sexta-feira (18), em Foz do Iguaçu, vai permitir a implantação do Instituto Nacional de Águas – Unidade Itaipu, que funcionará no parque tecnológico da hidrelétrica.

Todos os projetos desenvolvidos pela Itaipu na área de preservação das águas farão parte de uma rede nacional de laboratórios, ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia e à Agência Nacional de Águas.

Segundo o secretário executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Luiz Antonio Rodrigues Elias, o Instituto Nacional de Águas terá sedes em Minas Gerais, na Região Norte e no Nordeste, formando uma rede de cooperativas, que vai estudar as águas, respeitando a diversidade brasileira.

No instituto, serão desenvolvidas ações inovadoras na área de meio ambiente, enfatizando a preservação, geração de conhecimento, as novas tecnologias e a utilização racional de recursos. A ideia é que estudos e conhecimentos gerados nesses laboratórios subsidiem projetos relacionados à questão das águas, no Brasil e no mundo.

O investimento na unidade de Itaipu será de R$ 20 milhões nos cinco primeiros anos, sendo R$ 5 milhões bancados por Itaipu e R$ 15 milhões pelo Ministério da Ciência e Tecnologia. De acordo com a assessoria da hidrelétrica, as operações devem começar dentro de um ano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.