i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Novos negócios

Vai alugar um imóvel comercial? Veja como fazer uma escolha certeira

Confira nove dicas para não errar na hora de escolher o imóvel e de fechar o contrato

  • PorNaiady Piva
  • 30/10/2017 18:22
Vai alugar um imóvel comercial? Confira dicas para não errar | Antônio MoreGazeta do Povo/Arquivo
Vai alugar um imóvel comercial? Confira dicas para não errar| Foto: Antônio MoreGazeta do Povo/Arquivo

Vai alugar um ponto comercial? Saiba que muitas precauções devem ser tomadas. Caso contrário, o sonho de ter um negócio próprio pode virar pesadelo.

Separamos abaixo algumas dicas para os empreendedores escolherem o melhor ponto, e também precauções para a hora de fechar o contrato. Dá uma olhada: 

Como escolher o melhor imóvel comercial

A primeira preocupação é na hora de escolher um ponto. Muita gente pensa em escolher uma rua movimentada, se for abrir um comércio; ou escolhe pelo menor preço. Mas algumas precauções devem ser tomadas antes mesmo de escolher o imóvel. 

1.º – Defina bem a região 

Analise bem o bairro ou região da cidade em que pretende abrir. Se for um comércio ou serviço que vai lidar direto com o público: há concorrentes nas proximidades? Há polos atratores de pessoas? Ou ainda: há outras empresas do seu ecossistema de negócios, fornecedores ou compradores, nas proximidades?

LEIA TAMBÉM:  Por que profissionais estão trocando grandes companhias por jovens empresas

2.º – Verifique as permissões 

Esta é uma etapa de suma importância. Verifique na prefeitura se a atividade comercial que você pretende abrir é permitida naquele bairro. Cheque também se há exigências para os imóveis, como do Corpo de Bombeiros e do Meio Ambiente para emissão de licenças. 

3.º – Verifique a estrutura e o tamanho do imóvel 

Analise o estado de conservação geral do imóvel, inclusive instalações elétricas e hidráulicas. Lembre que, em caso de reformas, é preciso solicitar alvará da prefeitura. Dimensione o tamanho e calcule quantas pessoas vão ocupar o local, para definir se o espaço é suficiente. 

4.º – Custos 

Coloque na ponta do lápis todos os custos com o ponto. Ter vagas próprias de garagem, por exemplo, tendem a encarecer o aluguel. Mas se o negócio depende dos clientes chegarem de carro, pode haver gastos com estacionamento conveniado. Outro exemplo: em casa própria não é preciso gastar com condomínio; mas é preciso investir em segurança. 

LEIA TAMBÉM: Juros em queda e preços em recuperação: a hora de investir em imóveis é agora

Cuidados na hora de fechar o contrato de locação comercial 

Uma vez escolhido o imóvel, há alguns cuidados que precisam ser tomados na hora de fechar um contrato de locação comercial. Confira as dicas da advogada especialista em direito imobiliário Katia Antunes: 

1.º – O contrato de locação deve ser celebrado por escrito

Muita gente não toma este cuidado. O contrato celebrado verbalmente também é válido, mas ele não garante alguns direitos. O principal deles é a possibilidade de entrar com uma ação renovatória: ao final de cinco anos, é possível renovar o contratopor igual período, e pelas mesmas condições. O contrato celebrado por escrito é um requisito legal para esta ação. 

2.º – O prazo do contrato deve ser por período determinado

Se há um prazo determinado no contrato, o proprietário é obrigado a cumprir até o fim (salvo se ele for usar o espaço para uso próprio ou para seus familiares diretos). Se não há prazo, o locador pode decidir encerrar o contrato a qualquer momento, e aí basta notificar com 30 dias de antecedência. O que, numa locação comercial, pode significar prejuízos, já que o imóvel teve que ser adaptado para aquela atividade. 

3.º – O prazo mínimo deve somar cinco anos

O prazo mínimo de cinco anos é um requisito legal para ter direito à ação renovatória. Mas, atenção: a ação deve ser pedida um ano e meio antes do término do contrato. Ou seja, após três anos e meio de locação. Mas Katia alerta para, antes de entrar com a ação, tentar o diálogo. Buscar o locador para negociar um novo contrato em boas condições. E só entrar com a ação caso isso não funcione. 

4.º – Deve constar cláusula contratual prevendo o cumprimento obrigatório do contrato por eventual comprador

Esta também é uma cláusula que muita gente não coloca nos contratos. O locatário até tem preferência de compra, se o imóvel for vendido. Mas se a venda for para um terceiro, ele pode simplesmente encerrar o contrato. Com esta cláusula, o aluguel deve seguir até o fim do prazo, mesmo com a venda do imóvel. 

5. – O contrato de locação deve estar registrado na matrícula do imóvel

O contrato de aluguel pode ser averbado na matrícula do imóvel. É um procedimento comum para empresas grandes, mas pouco utilizado pelos negócios menores. É um registro que torna o contrato mais seguro, para ambos os lados.

Mudanças podem ajudar principalmente quem faz cerveja em casa e está pensando em abrir um negócio //bit.ly/2xsHtC3

Publicado por Vida Financeira e Emprego em Domingo, 29 de outubro de 2017
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.