Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • E

    Eduardo Soares

    ± 0 minutos

    Não tem esquerdista para dizer alguma coisa pela retirada de astrólogo da lista?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • B

    Baulé

    ± 11 horas

    mais um absurdo intervencionista, parece a antiga União Soviética, detalhista e inútil, instrutor disto e daquilo, astrologia regulamentada!!!!????

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • D

      David de Carvalho

      ± 10 horas

      O intervencionismo é um vício antigo e perene dos governos brasileiros, todos eles, da direita e da esquerda. A burocracia é uma erva daninha viçosa no Brasil, do governo aos cartórios, sugando nossos bolsos para continuar se espalhando e infernizando nossas vidas.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • D

    Daniel Scorsin

    ± 23 horas

    Alguém avise ao estagiário que não existe a necessidade de se colocar a letra a entre parênteses para especificar o feminino de um substantivo. Qualquer pessoa minimamente escolarizada entende o contexto e percebe que o substantivo masculino pode referir-se a pessoas do sexo masculino ou feminino. O mesmo acontece com o plural que, não especificado um número, pode ser entendido como uma unidade. Outra coisa que não existe é o tal do e/ou. A conjunção "ou" não implica na impossibilidade de duas opções verdadeiras, sendo desnecessária a conjunção "e". Sério, é horrível ler um texto cheio de (a) e (s).

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • M

      Mirtão

      ± 21 horas

      Oooooooooossa! Que menino(a) inteligentinho.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

Fim dos comentários.