Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O economista e ex-comissário europeu, Mario Monti, encarregado de substituir Silvio Berlusconi e formar um novo governo na Itália, afirmou, após sua designação neste domingo (13), que o país "pode vencer a crise através do esforço coletivo".

Monti advertiu, no entanto, que a Itália deve ser antes de tudo um elemento de "força e não de debilidade" da União Europeia.

As afirmações foram feitas durante uma breve declaração, realizada após sua designação oficial neste domingo por parte do presidente da República, Giorgio Napolitano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]