i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
investimentos

Ebanx recebe investimento de R$ 95 milhões para investir em expansão geográfica

Fintech de pagamentos transfronteiriços é a primeira brasileira a receber um investimento da FTV Capital. Em 2018, operação deve crescer para quatro novos países

  • PorRodrigo Ghedin
  • 31/01/2018 08:33
Escritório do Ebanx, em Curitiba. | Ricardo Franzen/Ebanx
Escritório do Ebanx, em Curitiba.| Foto: Ricardo Franzen/Ebanx

O Ebanx, fintech sediada em Curitiba e especializada no processamento de pagamentos transfronteiriços, anunciou nesta quarta-feira (31) ter recebido um investimento de US$ 30 milhões (cerca de R$ 95 milhões) da FTV Capital, fundo norte-americano focado em empresas de pagamentos.

Wagner Ruiz, cofundador e CFO do Ebanx, diz que é o primeiro investimento externo que a startup recebe. Fundada em 2012 por ele e mais dois sócios, o Ebanx oferece soluções de pagamento de ponta a ponta, viabilizando a cobrança em moeda e meios de pagamentos regionais a empresas de qualquer lugar do mundo.

Entre os clientes mais conhecidos do Ebanx estão Airbnb, Gearbest, Spotify, Sony e Wish. A startup também é uma das primeiras parceiras do Google Pay, o sistema de pagamentos unificados do Google. Em 2017, o Ebanx processou cerca de R$ 3,8 bilhões em pagamentos.

Destinação do investimento

O Ebanx atua no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru, e conta com escritórios em Curitiba, São Paulo e em Londres, na Inglaterra.

A injeção de crédito ajudará o Ebanx em sua expansão geográfica. Em 2018, a empresa deve começar a operar em mais quatro países latino-americanos — Equador, Uruguai, Paraguai e Bolívia — e abrir um escritório em São Francisco, nos Estados Unidos.

“A ideia é que [o investimento] seja usado nas operações dos países e nas verticais em que já atuamos, melhorando os times comerciais. São os grandes desafios deste ano e que a FTV ajudará a gente”, explica Ruiz. Além do valor, ele destaca a expertise e a rede de contatos da FTV Capital como outros benefícios derivados do acordo.

O Ebanx é a primeira empresa brasileira que recebe investimentos da FTV Capital e a segunda da América Latina. Ruiz diz que “ser um fundo americano focado em fintechs e pagamentos é um grande diferencial”. Como parte do negócio, Robert Anderson e Chris Winship, ambos da FTV, passarão a integrar o conselho diretivo do Ebanx e a ser um observador do conselho, respectivamente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.