i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Telefonia

Para analistas, Telefónica e América Móvil disputarão TIM Brasil

  • PorReuters/O Globo Online
  • 07/11/2006 08:57

O anúncio da Telecom Italia de que recebeu duas ofertas pela TIM Brasil pode ser o prelúdio de uma disputa muito aguerrida entre a espanhola Telefónica e sua rival mexicana América Móvil pelo controle da segunda maior operadora de telefonia móvel brasileira, disseram nesta terça-feira analistas em Madri e Londres.

``Em nossa opinião, a América Móvil pode ter chegado primeiro (em termos de apresentação de proposta), mas a Telefónica fará uma contra-oferta'', afirmou o Merrill Lynch em uma nota aos clientes, onde rebaixou a ``neutra'' sua recomendação de investimento para ações do grupo espanhol.

Um porta-voz da operadora espanhola disse que a empresa não comentava sobre ``rumores de mercado''.

A Telefónica divide com a Portugal Telecom o controle da Vivo, principal operadora brasileira de telefonia móvel, com 28,5 milhões de assinantes e participação de mercado de 29,9 por cento (ante 25,1 por cento para a TIM Brasil).

A terceira maior operadora de telefonia móvel do país, a Claro, é controlada pela América Móvil, e tem 23,1 por cento de participação de mercado.

O presidente da Telefónica, César Alierta, já anunciou que a operadora pretende reforçar sua presença no Brasil, um dos mercados de maior potencial na América Latina, e se declarou disposto a adquirir as ações da Portugal Telecom na Vivo.

``O pior cenário para a Telefónica seria que não tivesse a certeza de assumir o controle total da Vivo e ao mesmo tempo a América Móvil assumisse a liderança do mercado brasileiro'', segundo a Merrill Lynch.

A companhia tem valor de mercado de cerca 19 bilhões de reais, segundo dados da Bovespa ao final de outubro. O Merrill Lynch estima que o valor da empresa (incluindo dívidas) atinja os 8,8 bilhões de euros.

Uma aquisição dessa ordem superaria em muito o compromisso de Alierta de investir no máximo 1,5 bilhão de euros em aquisições até o final de 2007, sem considerar a venda de ativos estratégicos.

O UBS também considera possível que a Telefónica participe de uma disputa no Brasil. ``A Telefónica poderia se ver forçada a realizar uma transação dispendiosa'', afirmou o UBS, acrescentando que, caso contrário, ela ficaria longe demais do futuro líder de mercado brasileiro porque América Móvil e TIM deteriam mais de 50 por cento de participação no setor de telefonia móvel.

Os analistas do Morgan Stanley afirmaram que a compra da TIM Brasil facilitaria a implementação da tecnologia GSM pela Vivo. Por outro lado, o Morgan Stanley disse não ter certeza sobre a necessidade de aprovação da Portugal Telecom para uma eventual compra que a Telefónica venha a fazer de outra operadora de telefonia móvel no Brasil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.