Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O ministro alemão de Finanças, Wolfgang Schäuble, disse nesta segunda-feira (21), em entrevista coletiva conjunta com o ministro francês de Finanças, Pierre Moscovici, que ambas as nações farão de tudo para manter a Grécia no euro.

"Nós concordamos em fazer todo o esforço possível nesse sentido", disse Schäuble aos repórteres.

O ministro francês, por sua vez, disse que tanto ele quanto Schäuble concordam que a Grécia possui seu lugar na zona do euro, mas Atenas deve respeitar seus compromissos.

"A Europa precisa enviar sinais claros de reforço aos investimentos e ao crescimento na Grécia, em um momento no qual o país vive uma forte recessão", disse o ministro francês em sua primeira visita como ministro à Berlim.

Para Schäuble, a eleições legislativas gregas de 17 de junho precisam legitimar um governo funcional.

Apesar das declarações de apoio dos ministros, o caos político grego tem alimentado fortemente a perspectiva de saída do país do euro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]