Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro criado pelo Banco Central (BC) há um ano.
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro criado pelo Banco Central (BC) há um ano.| Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Banco Central anunciou mudanças no Pix com o objetivo de aumentar a segurança dos usuários. O órgão apresentou na última semana dois mecanismos para efetuar o bloqueio cautelar e a devolução de valores em casos de fraude. Segundo o BC, as duas alternativas caminham juntas no sentido de aumentar a segurança do meio de pagamento.

O bloqueio cautelar permitirá que no ato do crédito na conta, o banco efetue um bloqueio preventivo dos valores por até 72 horas. A opção vai possibilitar que a instituição realize uma análise mais robusta de eventuais fraudes, aumentando a probabilidade de recuperação dos recursos pelos usuários pagadores que sejam vítimas de algum crime.

Já na devolução de valores, o mecanismo poderá ser ativado nos casos de suspeita de fraude, sejam elas identificadas pelos próprios bancos envolvidos ou quando o usuário faz um Pix, mas logo em seguida se dá conta de que foi vítima de um golpe. Nesse caso, é preciso registrar um boletim de ocorrência e avisar imediatamente a instituição pelo canal de atendimento oficial, como SAC ou Ouvidoria.

No ambiente Pix nos aplicativos dos bancos, há um link direto para o canal a ser utilizado para registrar a reclamação. O banco da vítima, por sua vez, vai usar a infraestrutura do Pix para notificar a outra instituição que está recebendo a transferência para que os recursos sejam bloqueados. O Banco Central alerta que a ferramenta não estará disponível para uso nos caso em que os usuários façam um pix por engano, como por exemplo ao digitar a chave errada, ou nos casos de desacertos comerciais.

Outra mudança anunciada pelo Banco Central é a nova faixa de horário noturno para transações no Pix. O usuário poderá escolher em qual a faixa de horário será aplicado o limite de R$ 1 mil para operações: das 20h às 6h ou das 22h às 6h. O banco deverá disponibilizar a opção até o dia 22 de julho de 2022.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]