i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Trabalho

Dez profissões que estão em alta mesmo na crise

Consultoria especializada em RH lista segmentos que ainda estão contratando

  • PorDa Redação
  • 27/01/2016 09:50
Setores farmacêutico e de bioquímica continuam contratando. | Henry Milleo/Gazeta do Povo
Setores farmacêutico e de bioquímica continuam contratando.| Foto: Henry Milleo/Gazeta do Povo

A companhia italiana de consultoria em recursos humanos Wyser fez uma avaliação das profissões que estarão em alta em 2016 no Brasil. Segundo seu levantamento, as empresas devem continuar em busca de profissionais que possam ajudar a superar o desafio de redução de custos. Há também setores que continuam com projetos de expansão em andamento e que vão contratar ao longo do ano, como nos segmentos agrícola e farmacêutico.

Guia de pós-graduação traz mais de 3 mil cursos em 153 instituições no Paraná

Acesse o Guia de Pós-Graduação

Veja abaixo as dez profissões que continuam em alta neste ano:

Contador

É um profissional em alta para auxiliar em cortes de custos e gestão financeira das empresas.

Atuário

O setor de seguros e previdência é um dos que mais crescem no país, segundo a consultoria. Isso eleva a demanda por profissionais especializados.

Bioquímico/farmacêutico

Segmentos como cosméticos e fármacos continuam com produção em bom ritmo e investindo em inovação.

Engenheiro eletricista

Os segmentos de energia renovável e de telecomunicações continuam investindo, mesmo com a recessão, e precisam de profissionais para tocar seus projetos.

Agrônomo

O setor agrícola continua produzindo a pleno vapor e demandando profissionais com formação técnica, em especial nas novas fronteiras agrícolas.

Advogado

A profissão tem demanda principalmente nas áreas tributária, societária e de fusões e aquisições.

Engenheiro de produção

São profissionais importantes para redesenhar processos produtivos, uma saída para cortar custos e ganhar eficiência.

Físico

Muitas empresas estão contratando físicos para atuar em suas áreas de análise de dados, principalmente no setor financeiro.

Analista de sistemas/computação

Segundo a consultoria, o mercado de TI continua aquecido, apesar da crise, e há oportunidades para profissionais experientes em programação.

Sociólogo

A profissão vem ganhando relevância em empresas de pesquisa de mercado e análises políticas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.