i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Zona do euro

Premiê grego deve renunciar nesta quinta-feira

Renúncia abre caminho para eleições antecipadas em setembro. Com a oposição enfraquecida, Alexis Tsipras pode retornar ao poder mais fortalecido

    • Reuters
    • 20/08/2015 14:09
     | Stoyan Nenov/Reuters
    | Foto: Stoyan Nenov/Reuters

    O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, vai renunciar nesta quinta-feira (20) para pavimentar o caminho para eleições antecipadas em 20 de setembro, disseram autoridades do governo, sob esperança de conter uma rebelião em seu partido Syriza e selar o apoio ao programa de resgate.

    A decisão de Tsipras de retornar às urnas após sete dolorosos meses no poder aprofunda a incerteza política no mesmo dia em que a Grécia começou a receber recursos pelo terceiro programa de resgate por credores internacionais.

    Mas uma eleição antecipada pode permitir que Tsipras capitalize sobre sua popularidade com eleitores gregos antes que as partes mais austeras do programa comecem a surtir efeito e podem possibilitar que retorne ao poder em uma posição mais forte, sem o peso dos rebeldes antirresgate da esquerda radical do Syriza.

    Os rendimentos dos títulos de dois anos do governo grego saltaram 0,78 ponto percentual, a 12,15%, enquanto a bolsa grega recuou 3,5%.

    Grécia faz pagamento da dívida e ministro pede eleições antecipadas

    O pagamento é mais um passo da Grécia para longe da possibilidade de um colapso financeiro

    Leia a matéria completa

    “A meta é realizar eleições em 20 de setembro”, disse uma fonte do governo após Tsipras participar de conversas com seus assessores. O líder deve fazer um pronunciamento televisionado às 14h (horário de Brasília).

    Há tempos era esperado que Tsipras perseguisse eleições antecipadas para consolidar sua posição, após ceder às demandas de credores por mais austeridade e reformas econômicas em troca de 86 bilhões de euros (96 bilhões de dólares) em recursos de resgate.

    Mas ele foi forçado a agir rapidamente após quase um terço dos parlamentares do Syriza recusarem-se a apoiar o programa no Parlamento na semana passada, roubando-lhe a garantia de maioria parlamentar.

    A complexa Constituição grega tem estipulações especiais para a realização de eleições antes de 12 meses do pleito anterior, o que significa que o presidente precisa primeiro consultar outros grandes partidos para verificar se conseguem formar um governo, opção altamente improvável.

    É amplamente esperado que Tsipras, muito popular entre seus apoiadores por tentar enfrentar os credores do país, a zona do euro e o Fundo Monetário Internacional (FMI), retorne ao poder, com a oposição em desarranjo.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.