i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Online

Presença de empresas cresce nos ambientes virtuais

  • PorAgência Estado
  • 20/09/2009 21:01

São Paulo - Os riscos da computação em nuvem se tornarão mais frequentes à medida em que empresas inteiras comecem a usar a computação em nuvem em seus próprios sistemas. De acordo com levantamento realizado pela F5 Networks em junho com 250 em­­presas americanas com mais de 2.500 funcionários, 80% estão em algum estágio de instalação de sistemas online.

Na prática existem muitas vantagens em manter suas informações online. Seja usando o e-mail ou serviços avançados como o Soonr (www.soonr.com) – que mantém pastas de arquivo do computador sincronizados com uma pasta virtual –, você se desfaz da necessidade de ter o seu próprio computador para ver seus arquivos. Todos podem ser acessados de qualquer má­­quina, pela internet.

Pesquisadores da Universida­de da Califórnia, em Berkeley, nos EUA, em um dos mais completos estudos sobre computação em nuvem, levantaram os 10 principais obstáculos da nova promessa da internet. A estabilidade e a confiança do serviço são cruciais. "Se as pessoas entrarem no Google para fazer uma busca e ele não estiver no ar, pensarão que a internet caiu. Essa é a mesma expectativa que elas têm so­­bre a disponibilidade de outros serviços online", diz o texto.

Mas há outros problemas, co­­mo a falta de um padrão entre os serviços online. Por exemplo, não seria bom fazer um backup dos seus e-mails de uma conta an­­tiga do Hotmail e carregá-los no Gmail? Mas tal facilidade não exis­­te porque os sistemas de cada um deles são muito diferentes.

O escritor Nicholas Carr acredita que, apesar dos desafios, a computação em nuvem é promissora. "No final, a computação em nuvem será mais segura e mais confiável do que outros modelos de computação do passado, sempre vulneráveis e com tendência a cair", disse Carr. O problema da fase atual é justamente o de ser um estágio inicial, em que as ainda há sistemas sendo desenvolvidos e aperfeiçoados. Vários serviços que se tornaram bastante populares ainda estão em fase beta – o seja, de tes­­tes –, o que significa que eles podem ser cancelados. Nesse ca­­so, o que acontecerua com o conteúdo armazenado? Esse é o caso, por exemplo do Orkut, on­­de mui­­ta gente armazena seus ál­­buns de fotos.

Por enquanto, as duas formas de armazenamento (online ou no computador) continuam com tendendo a dar problema. O estudante Filipe Siqueira, 23 anos, um dos autores do blog Nerd Somos Nozes, já teve um vídeo no YouTube deletado e os arquivos do serviço SkyDrive, da Microsoft, apagados. A experiência até rendeu um texto no blog sobre os riscos da nuvem. "O que acho bastante perigoso é o fato de não haver controle so­­bre o que as empresas fazem. Afi­­nal são serviços gratuitos, o que tira a segurança deles, e a possibilidade dos usuários reclamarem", disse.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.