Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
edital-leilão-5g
O edital do leilão do 5G deve ocorrer nos próximos meses| Foto: Pixabay

O presidente da Telefônica Brasil, Christian Gebara, minimizou o atraso na definição do leilão do 5G, que segue em análise no Tribunal de Contas da União (TCU). A declaração foi feita ao Estadão.

Na avaliação do executivo, é preferível que o processo se arraste até o segundo semestre se forem garantidas regras claras para as proponentes e a pavimentação para o fluxo de investimentos na cobertura. "É melhor ter de ajustar algo e contribuir para a melhor digitalização do País em vez de antecipar algo cujas condições não estão bem definidas entre as instituições", afirmou.

Uma vez definido e realizado o leilão, o sinal 5G deve começar a ser ativado em "poucos meses", estimou o executivo da gigante espanhola.

"Se o leilão for realizado em julho ou em setembro, por exemplo, a diferença é mínima. No fim, é melhor ter de ajustar algo e contribuir para a melhor digitalização do País em vez de antecipar algo cujas condições não estão bem definidas entre as instituições envolvidas", disse.

O presidente da Telefônica disse ainda que a ativação do sinal do 5G pode ocorrer "poucos meses" após o leilão.


Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]