Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Com o fim do prazo se aproximando, a Receita Federal do Brasil (RFB) registrou ontem o maior volume de transmissão de declarações à sua base de dados desde o início do calendário de entregas de 2011. Cerca de 15 declarações foram enviadas por segundo em todo o país, com picos de 53 mil declarações entregues em apenas uma hora.

Apesar dessa correria, que tende a dobrar conforme o calendário se aproxima do dia 29, menos da metade dos contribuintes já fez suas declarações. No ano passado, mais de 10% deixaram para acertar as contas com o Leão no último dia do prazo previsto, número que tende a se repetir em 2011.

Segundo o assistente da Superintendência da Receita Federal da 9.ª Região, Vergílio Concetta, o sistema da RFB tem capacidade de processar todo esse volume sem ficar sobrecarregado. "O que pode acontecer é uma pequena demora para o envio dos documentos por conta do volume, mas não há risco de queda no sistema. Para o contribuinte, o importante é não deixar para a última hora", alerta. A multa mínima para quem não entregar a declaração até o dia 29 deste mês é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto de renda devido.

Até ontem, o órgão já havia processado 85% das mais de 11 milhões de declarações entregues em todo o país. Segundo a Receita, 57% dos contribuintes que já declaram terão imposto a restituir, 14% terão imposto a pagar e 29 estão sem saldo de imposto.

Bate-papo

A terceira edição do bate-papo on-line sobre a declaração do Imposto de Renda 2011, realizada na tarde de ontem pela Gazeta do Povo, contou com a participação de 230 contribuintes. As dúvidas foram respondidas em tempo real pelo assistente da Superintendência da Receita Federal da 9.ª Região, Vergílio Concetta, e pelo o assistente técnico da Delegacia da Receita Federal em Curitiba, Luiz Omar Setúbal Gabardo.

O chat, transmitido pelo sistema de live blogging, recebeu 185 participações com o envio de perguntas e comentários. As dúvidas mais comuns diziam respeito às deduções de despesas médicas, financiamentos imobiliários e as regras que obrigam o contribuinte a apresentar a declaração de ajuste anual.

Na próxima terça-feira, dia 26, também às 15 horas, a Gazeta do Povo encerra a série de bate-papos sobre o Imposto de Renda com a participação do diretor do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Paraná (Sescap-PR), Luiz Fernando Ferraz. A novidade desta edição será a transmissão simultânea de imagens, através do sistema Twitcam. A participação dos contribuintes será possível tanto através do ambiente do Twitter quanto pelo site da Gazeta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]