i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Espectativa

Renovação no iPod da Apple é aguardada

Pouca gente espera surpresas, mas sempre existe o potencial de que aconteçam, dado o histórico da companhia

  • PorReuters
  • 04/09/2009 09:15

O evento de mídia que a Apple realizará na semana que vem está sendo recebido com calma incomum, porque a presença de seu presidente-executivo, Steven Jobs, ainda é incerta e os investidores não têm muito em que apostar, excetuados iPods equipados com câmeras.

As ações da Apple costumam oscilar violentamente e sempre surgem rumores sobre produtos capazes de revolucionar o mercado antes de eventos como esse, mas desta vez elas mostraram-se firmes nas duas semanas que antecedem o evento marcado para 9 de setembro.

Pouca gente espera surpresas, mas sempre existe o potencial de que aconteçam, dado o histórico da companhia.

A Apple tradicionalmente promove um evento em setembro no qual Jobs, um mestre do espetáculo, costuma demonstrar novos iPods para a temporada de festas e alardear o conteúdo novo da iTunes.

iPods reformulados estão uma vez mais no programa, este ano. Mas boa parte da atenção gira em torno da possibilidade de que Jobs faça sua primeira aparição pública desde que tirou uma licença médica em janeiro, e dos parceiros ou serviços que a Apple possa acrescentar à sua florescente loja online.

Também continuam os boatos de que o catálogo dos Beatles possa enfim estar chegando à iTunes, mas essa especulação não é novidade e muita gente duvida.

Alguns analistas acreditam que é improvável que Jobs compareça, já que outros membros da equipe de comando da Apple ganharam mais visibilidade em sua ausência.

"Seria ótimo que ele (Jobs) aparecesse, mas não espero que isso aconteça", disse Shaw Wu, analista da Kaufman Bros. "A maioria dos investidores já não se preocupa com isso."

"Se ele não comparecer, não deve causar impacto material sobre as ações", acrescentou ele, apontando que elas podem subir um pouco.

As ações da Apple, que registram alta de mais de 90 por cento até agora este ano, tiveram uma semana relativamente calma, com expectativas modestas. Mas os analistas não preveem anúncios ousados de novos produtos capazes de gerar alta imediata das ações, como um muito esperado tablet PC, durante o evento.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.