Fachada de loja da Centauro
Fachada de loja da Centauro (Foto: Divulgação)| Foto:

O Grupo SBF, dono da Centauro, aumentou, ainda na terça-feira (28) à noite, a oferta para a compra da Netshoes: de US$ 2,80 por ação, oferecidos no último dia 23, para R$ 3,50 por ação, o que daria US$ 108,7 milhões. A nova proposta esquenta a competição com o Magazine Luiza, que também aumentou sua oferta e se propôs a pagar US$ 3,00 por ação, ou US$ 93 milhões, no último domingo (26).

A intenção do SBF é influenciar a assembleia de acionistas da Netshoes, marcada para esta quinta (30), que apreciará a proposta do Magalu, que já obteve parecer favorável do Conselho Administrativo de Defesa Econômica, o Cade.

Além do aumento da oferta em si, o grupo SBF também se comprometeu a aportar R$ 70 milhões na Netshoes logo após a compra e vender parte dos produtos da Centauro por meio da plataforma da Netshoes.

A liderança pelo mercado de varejo esportivo é um dos motivos da disputa. A Centauro é a líder do mercado, com aproximadamente 5% de participação. O segmento é extremamente pulverizado e a empresa disputa espaço com redes regionais e lojas de pequeno e médio porte.

Já para o Magazine Luiza, a grande vantagem seria estrear em um ramo do varejo que ainda não domina, por um custo relativamente pequeno.

Ainda em abril, a B2W, dona das marcas Americanas.com e Submarino informou o mercado que estudava uma eventual oferta pela Netshoes, mas nada mais foi divulgado depois disso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]