• Carregando...

Os servidores do Ministério do Trabalho e Emprego que atuam no Paraná iniciaram ontem uma greve por tempo indeterminado. De acordo com o sindicato, 70% dos 200 trabalhadores aderiram ao movimento. Eles exigem o estabelecimento de um plano de carreira específico para a categoria. A paralisação deve afetar serviços como a emissão de carteira de trabalho, solicitação de registro profissional e pedidos de seguro-desemprego.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]