i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
PMI

Setor industrial da China encolhe pelo 11º mês seguido

Dado indica que a segunda maior economia do mundo permanece no caminho de um sétimo trimestre de crescimento lento

  • PorReuters
  • 20/09/2012 05:48

O setor industrial da China sofreu contração pelo 11º mês seguido em setembro, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compra (PMI), indicando que a segunda maior economia do mundo permanece no caminho de um sétimo trimestre de crescimento lento. O PMI preliminar do HSBC mostrou que a atividade se estabilizou em setembro após atingir uma mínima de nove meses em agosto, com o indicador subindo para 47,8 ante 47,6 no mês passado. Mas embora a economia possa não ter piorado, houve poucos sinais de uma mudança. Em vez disso, o PMI, que fornece uma primeira ideia das condições da indústria chinesa em setembro, indicou um mês em que o declínio foi suspenso, mas não revertido. A leitura de setembro amplia o período mais longo em que o PMI permanece abaixo da marca de 50 que separa contração de expansão desde que o HSBC começou a realizar a pesquisa em 2004. Houve uma estabilização entre os subíndices da pesquisa, com exceção do de produção, que atingiu o menor nível em 10 meses. "O crescimento industrial da China ainda está lento, mas o ritmo da desaceleração está se estabilizando. As atividades industriais permanecem sem brilho, devido a fracos fluxos de novos negócios e a um processo de consumo de estoque mais longo do que o esperado", disse o economista-chefe do HSBC para a China, Qu Hongbin. "Isso acrescenta mais pressão ao mercado de trabalho e levou Pequim a acelerar o afrouxamento nas última semanas. As recentes medidas devem trabalhar para levar a uma melhora modesta a partir do quatro trimestre." A China apresentou uma série de medidas na semana passada para ajudar a estabilizar o crescimento das exportações, incluindo o pagamento mais rápido da restituição do imposto de exportação e a ampliação de empréstimos para exportadores.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.