i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ranking tecnológico

Suécia supera EUA em uso de tecnologia, Brasil avança

Brasil consta no levantamento de tecnologia dentro da lista de países em desenvolvimento e saiu da oitava posição para a sexta

  • PorReuters
  • 11/02/2010 09:14

A Suécia ultrapassou os Estados Unidos e chegou ao topo do ranking anual de uso de tecnologias de telecomunicação tais como redes, celulares e computadores, mostra um relatório divulgado na quinta-feira.

O Connectivity Scorecard, criado por Leonard Waverman, professor da London Business School, em 2008, avalia dezenas de indicadores em 50 países, entre os quais capacitação tecnológica e uso de tecnologia de comunicação.

"A Suécia não só tem a melhor combinação de atributos, no momento, como mostra poucas indicações de que perderá sua vantagem", disse Waverman.

"Em contraste, começou a surgir uma disparidade naquilo que um dia representou a essência da liderança dos EUA na maioria dos setores industriais e de serviços: educação e capacitação", acrescentou.

A Suécia ficou em segundo lugar na pesquisa anterior, atrás dos EUA. A Noruega subiu ao terceiro posto, ante o quinto no levantamento passado.

Enquanto isso, o Brasil consta no levantamento de tecnologia dentro da lista de países em desenvolvimento, segundo critério do Fórum Econômico Mundial, aponta a pesquisa. O país saiu da oitava posição para a sexta. Nesse ranking, a Malásia lidera, seguida por África do Sul, Chile, Argentina, Rússia, Brasil, Turquia, México, Colômbia e Ucrânia.

A Malásia, beneficiada pela boa cooperação entre o setor público e o privado, continua a liderar a lista, enquanto a África do Sul subiu ao segundo posto ajudada pelo forte investimento empresarial em hardware, software e serviços de tecnologia da informação.

Os pesquisadores dizem que o novo ranking, criado a pedido da fabricante de equipamento para telecomunicações Nokia Siemens Networks, já está sendo usado em diversos países para desenvolver estratégias de inovação.

"A recuperação econômica e os pacotes governamentais de estímulo para o desenvolvimento da banda larga e das tecnologias de informação e comunicação devem ser causas de otimismo nos próximos anos", disse Waverman.

Abaixo o ranking das 10 maiores "economias impulsionadas por inovação" avaliadas pelo estudo, em uma escala de 1 a 10 pontos:

1 Suécia 7,95

2 EUA 7,77

3 Noruega 7,74

4 Dinamarca 7,54

5 Holanda 7,52

6 Finlândia 7,26

7 Austrália 7,04

8 Reino Unido 7,03

9 Canadá 7,02

10 Japão 6,73

Abaixo o ranking das 10 mais entre as "economias propelidas por recursos naturais e eficiência", em escala de 1 a 10. Esse ranking não comparável ao dos países industrializados:

1 Malásia 7,14

2 África do Sul 6,18

3 Chile 6,06

4 Argentina 5,90

5 Rússia 5,82

6 Brasil 5,32

7 Turquia 5,09

8 México 5,00

9 Colômbia 4,76

10 Ucrânia 4,67

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.