i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Mudança de estratégia

Nova aposta de Guedes, “Super PEC” reúne corte de salário, Renda Brasil e desoneração

  • Brasília
  • 20/08/2020 19:56
"Super PEC" de Paulo Guedes será apresentada na forma de substitutivo à PEC do Pacto Federativo, que já tramita no Senado.
“Super PEC” de Paulo Guedes será apresentada na forma de substitutivo à PEC do Pacto Federativo, que já tramita no Senado.| Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Para reduzir a resistência ao ajuste fiscal e viabilizar os programas de emprego e renda básica, o governo resolveu concentrar numa única proposta as medidas de contenção de gastos obrigatórios, desoneração da folha de pagamentos e criação do Renda Brasil. O novo texto será apresentado pelo senador Márcio Bittar (MDB-AC), na forma de um substitutivo à proposta de emenda à Constituição (PEC) 186/2019, do Pacto Federativo, que já está tramitando no Senado. A expectativa é que a "Super PEC" seja apresentada e votada diretamente em plenário em setembro.

A ideia de unificar várias propostas em uma só PEC partiu do ministro da Economia, Paulo Guedes. Um acordo inicial foi fechado entre a equipe econômica e o senador Bittar na segunda-feira (17) e a expectativa é que o martelo seja batido nesta sexta-feira (21). Segundo um interlocutor do senador, dificilmente o governo voltará atrás na estratégia, que é também apoiada pelo congressista.

O objetivo de Guedes é atrelar a discussão de duas propostas que considera positivas – a criação do programa social Renda Brasil e a desoneração da folha, que pode gerar novos postos de trabalho – a medidas duras de contenção de gastos. Essas medidas de contenção já estavam nas PECs Emergencial e do Pacto Federativo, apresentadas pelo governo em novembro do ano passado, mas que não foram votadas no Senado.

A equipe econômica avalia que é urgente a necessidade de controlar gastos obrigatórios no ano que vem, e com isso liberar dinheiro no Orçamento para programas sociais e também obras públicas. Sem cortar despesas obrigatórias fica praticamente impossível tirar esses projetos do papel, já que o teto de gastos limita o crescimento total das despesas do governo à inflação do ano anterior.

Redução de salários para abrir espaço no Orçamento

A solução encontrada pela equipe de Guedes é “furar o piso”, termo utilizado para reduzir as despesas que consomem o Orçamento, liberando espaço no teto, ou seja, dinheiro para outras finalidades.

A principal despesa que o governo quer reduzir é a folha de pagamento do funcionalismo público. A proposta é reduzir em 25% a jornada e o salário dos servidores, além de proibir novos concursos e vedar reajustes e promoções, salvo exceções.

Essas medidas já constavam nas PECs do Pacto Federativo e Emergencial e vão continuar na “Super PEC” que está sendo gestada por Guedes e Bittar. O texto vai propor o acionamento automático desses gatilhos de contenção de gastos sempre que as despesas obrigatórias da União consumirem 95% ou mais do Orçamento. Na época da apresentação da PEC Emergencial, a equipe econômica calculava que os gatilhos liberariam R$ 12 bilhões já no primeiro ano em que fossem acionados.

O teto de gastos prevê o acionamento de gatilhos de contenção de gastos para evitar o seu descumprimento, mas a lei que criou a regra deixou de fora exatamente qual deve ser o parâmetro que acionaria os mecanismos automaticamente. Com isso, o substitutivo trará esse parâmetro – quando a despesa corrente exceder 95% da receita corrente – e reforçará quais gatilhos serão acionados e por quanto tempo.

O plano de cortar salários do funcionalismo foi reforçado nesta quinta-feira (20) com a manutenção do veto do presidente Jair Bolsonaro que proíbe reajustes salariais a servidores até o final de 2021.

"Super PEC" vai incluir desoneração da folha e Renda Brasil

Além de trazer esses mecanismos para conter gastos obrigatórios e liberar dinheiro do Orçamento, a “Super PEC” gestada por Guedes e Bittar vai incluir a desoneração da folha de pagamentos, um desejo antigo do ministro da Economia. Segundo Bittar, a ideia é acabar com os encargos trabalhistas para quem recebe até um salário mínimo. Para salários acima do piso, a desoneração estudada seria de metade do valor da contribuição patronal, que hoje é 20% da folha.

O objetivo da desoneração da folha é estimular a geração de empregos, principalmente para parcela de baixa renda e com pouco estudo da população. “Eu vou fazer o relatório substitutivo [à PEC 186] e vou incluir a desoneração da folha. E de fato a ideia é para quem recebe até um salário mínimo [dar] 100% de desoneração. E a partir daí, 50% [de desoneração] do valor da contribuição patronal. Isso é um enorme serviço ao trazer para formalidade milhões de brasileiros e criar novos postos de trabalho", diz Bittar em vídeo enviado à Gazeta do Povo.

Inicialmente, a ideia de Guedes era propor a desoneração da folha na quarta etapa da reforma tributária do governo, que vai prever a criação de um imposto sobre transações digitais, no molde da extinta CPMF. Até o momento, o governo só enviou a primeira fase da reforma tributária. A promessa é enviar as demais fases até o fim do mês.

A “Super PEC” deve contar ainda com a criação do Renda Brasil, o programa social do governo Bolsonaro. Esse programa vai propor a extinção ou redução de benefícios considerados mal focalizados, como o abono salarial, o seguro-defeso e o salário família, em troca da criação do Renda Brasil. O Bolsa Família também será unificado ao Renda Brasil. A ideia é de que o programa atenda mais famílias – até 21 milhões, ante 14 milhões atualmente – e pague um benefício médio próximo de R$ 300, em vez dos menos de R$ 200 atuais.

Relatório e votação em setembro

A intenção do senador Márcio Bittar é apresentar o texto da nova PEC em setembro. A equipe econômica optou por aproveitar a PEC 186, do Pacto Federativo, que já está tramitando no Senado e que já tinha como relator o senador Bittar, para fazer as modificações em cima dessa proposta. A ideia é ganhar tempo.

O acordo com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), é de que o substitutivo seja levado direto para votação em plenário. Como é uma PEC, precisará da aprovação de três quintos dos senadores em dois turnos. Se aprovada, precisa do aval da Câmara para entrar em vigor.

A equipe econômica espera ver o texto aprovado ainda neste ano, para que os programas e as medidas de contenção de gasto entrem em vigor em 2021.

31 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 31 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.

  • M

    Marcus Paulo

    ± 0 minutos

    O MAIOR PROBLEMA DO BRASIL É JUSTAMENTE O ESTADO...GIGANTE , CARO , CORRUPTO e AUTORITÁRIO !

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edivaldo S

    ± 2 dias

    Será que vai cortar também os penduricalhos? Ou somente do médio escalão dos funcionários. Que tal uma política de transferência de gastos, salários e desperdício de todos os poderes....

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • C

    Correa

    ± 2 dias

    Não acredito que o Jair tem coragem de mandar esta tal PEC ao congresso? Outras menos polêmicas ficaram pelo caminho.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Valmir Gonçalves Garcia

    ± 3 dias

    A verdade é que uma boa parte dos funcionários públicos e totalmente improdutiva e presta um péssimo serviço a população e já passou da hora de ser corrigida essas distorções.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jota

    ± 3 dias

    Tem que reduzir o repasse para o Legislativo e o Judiciário para se enquadrarem.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Fabiano

    ± 3 dias

    Não entendo esse apreço que a Gazeta tem pelo Guedes. O cara destruiu o país com seus juros irreais e câmbio descontrolado. O papel dos livros, por exemplo, é dolarizado. Qualquer editora já está sofrendo com um aumento de 100% no preço do papel desde que esse maluco assumiu. Não bastasse isso, agora quer meter 12% de imposto nos livros. Claro que muitos leitores da Gazeta não leem livros e não se doem, mas...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edgard de Araujo Salles Junior

    ± 3 dias

    Que Deus ilumine nossos congressistas e que aprovem a PEC. Concordo com Edgoski e com Lauri.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LAURI MARGRAF

    ± 3 dias

    Enquanto isso 2 bilhões de reais para os partidos fazerem a farra nas eleições de novembro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • O

      Otasito Sanches Tavares

      ± 1 dias

      Os partidos deveriam seguir o bom exemplo do partido NOVO, o único que devolveu o fundo partidário.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    Edgoski

    ± 3 dias

    Está na hora de amadurecermos a ideia de que todo político deve prestar sua contribuição à sociedade de forma gratuita, sem salários ou quaisquer outros benefícios. Hoje tudo pode ser feito remotamente, então nem da estrutura física do congresso precisamos mais. Reuniões virtuais podem resolver tudo e podem ficar à mostra da população, que poderá também ter acesso livre e acompanhar todas as reuniões que ocorrerem por meio de todas as formas de comunicação existentes. Salário ou auxílio será fornecido somente às pessoas que realizarem de fato algum serviço contínuo e necessário à população.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • C

      Cidadão Brasileiro

      ± 3 dias

      Os políticos angariam resultados pessoais muito mais com poder e influência do que com salários e verbas oficiais. O único remédio possível é um grau extremo de transparência. Com base apenas nos critérios da aparente confiabilidade e da ideologia, os pagadores de impostos serão eternamente enrolados e subtraídos sem dó.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sergio

    ± 3 dias

    O problema que se criou ao longo dos anos da política salarial dos servidores públicos foi a desigualdade. Os cargos "mais poderosos" que são as ameaças aos políticos (juizes, procuradores, desembargadores) e alguns poderes (auditor fiscal, delegados) foram mais privilegiados. A maioria dos salários dos servidores digamos mais comuns (professores, técnicos, profissionais de saúde, etc.) ganham equivalentes ao que o mercado pagam. E o que diferencia é a maior estabilidade do público em relação ao privado.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • F

    Franklim Irapuam Maderna Leite

    ± 3 dias

    Baixar salários entenda-se o executivo, tenho certeza que o legislativo e o judiciário logo vão propor um belo aumento de salários, aquele com efeito cascata, afinal ninguém é de ferro.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    ewz

    ± 3 dias

    Vai reduzir a jornada do policial do enfermeiro do professor e ai... Quem atenderá as demandas?

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • E

      ewz

      ± 3 dias

      Reduza o salário do político dos juízes. e os previlégios os militares com as beneses e os servidores que ganham mais de 20. mil.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • V

    Vi Lopes

    ± 3 dias

    E é lógico que vão reduzir o salário do servidor público da Saúde, que mais se empenhou nessa Pandemia, mas não o do Judiciário, que ganha salários exorbitantes... é o Brasil, afiinal...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • N

    Nm

    ± 3 dias

    Ótimo, desonerar a folha é um grande passo para ampliar a oferta de empregos. Cortar salários é uma medida extremamente necessária.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    J A Schmidt

    ± 3 dias

    Só pelo corte de 25 % do salário dos "servidores" já sou a favor, o resto é bonus.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • K

      Kelly

      ± 3 dias

      Eu não entendi porque vc acha tão legal assim cortar salário de professoras ou merendeiras, de policiais e assistentes administrativos etc.d Ninguém que vai ter o salário cortado ganha 20 mil por mês, e 600 reais vai fazer falta. Porque não luta pra que cortem salários de juízes ou políticos que ganham de verdade. Porque a professora e o assistente adm que atende no postinho, esses vão passar dificuldades.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • L

    LAURI MARGRAF

    ± 3 dias

    Quero ver cortar no congresso, acabar com os "aspones", quero ver acabar com a roubalheira de dinheiro público, mas pelo visto estão facilitando para o pessoal das malas, pois vem aí a cédula de R$200,00, bem mais fácil de transportar. E vamos criar impostos, é mais fácil, este é o Brasil.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • S

    Sísifo

    ± 3 dias

    Porquê não tomar medidas que reduzam os penduricalhos e benesses dos maiores salários, como os do Judiciário e Legislativo? Porquê não diminuir o repasse para partidos políticos? Porquê não reduzir o auxílio creche, paletó, moradia, etc, etc dos poderosos? Porquê o exemplo não pode vir de cima? Numa contenção de despesas há que se eliminar o supérfluo. A tendência tem sido sempre reduzir o salário da faxineira, e continuar com lagostas no cardápio! Triste.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    Jim Kirk

    ± 3 dias

    Impressionante a transferência de renda que o governo promove. A "casta' que recebe super salários tem que acabar. Se salário alto fosse indicativo de corrupção 0 seríamos o país mais ético do mundo.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • R

    RPM

    ± 3 dias

    Tá na hora de tirar o funcionalismo público da area de conforto.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    JOSMAR PORTUGAL VAZ

    ± 3 dias

    Daqui uns dias esse Guedes volta a falar na tal CPMF . Imposto cruel, em cascata e só deu certo no Brasil , país onde o setor publico é inchado e o governo não corta gastos . As reformas sempre terminam com a criação de impostos....vergonha. Assim é fácil governar..

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • E

    ewz

    ± 3 dias

    Corte. também 25% do valor da prestação da casa própria e dos financiamentos. A maioria dos servidores não é milionária como os políticos e não tem fgts. Quero ver cortar dos juízes e militares.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • M

    m a filho

    ± 3 dias

    Isso mesmo. Ao cortar 25% do trabalho do Servidor, provavelmente cairá a arrecadação. Quem está na repartição arrecadando pro governo? Vc conhece algum Serviço Público gratuíto? vá no detran, tirar passaporte, acione a justiça, vá na prefeitura. Tudo é pago.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • G

    Gabriel Schneider

    ± 3 dias

    Em um país aonde o sonho da juventude é passar em concurso público, já comprova a mentalidade errada que foi criada por muitos anos. A juventude deve ser estimulada a empreender, criar novos negócios e não sonhar em ser funcionário público. Podre Brasil agora serão anos pra se mudar tudo isso, se mudar...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • A

      Alderijo Bonache

      ± 3 dias

      Esse comentário foi removido por não estar de acordo com os Termos de Uso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]

  • J

    José Carlos Rodrigues da Silva

    ± 3 dias

    É isso ai , vamos tentar melhorar nosso Brasil. Depois que passar essa pandemia tem que ter um plano.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      PAULO 1950

      ± 3 dias

      Realmente tem que ter um plano de governo e que até agora não existe. Inicialmente deveriam cortar os beneficios e penduricalhos dos parlamentares, e do judiciário. Acabar de uma vez por todas os ressarcimentos com passagens, combustivel, diárias, auxilio moradia e tantos outros. Em plena pandemia onde as reuniões dos parlamentos são realizadas de forma virtual, temos visto, mesmo aqui em Curitiba, vereadores pedindo ressarcimento de combustivel e alimentação. isso sim que é abuso.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

    • Máximo 700 caracteres [0]