A taxa de desemprego em Curitiba e região metropolitana ficou em 5,4% no mês de agosto, de acordo com a Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada nesta quarta-feira (1.°), feita pelo Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado aponta uma redução de 1,4 ponto percentual (-20,6%) em relação ao mesmo mês de 2007, quando o índice havia sido de 6,8%.

A taxa média nacional de desemprego calculada pelo IBGE foi estimada em 7,6%, com queda de 1,9 ponto percentual em relação a agosto de 2007 (9,5%). As demais regiões metropolitanas apresentaram os seguintes índices: Porto Alegre (5,3%); Belo Horizonte (6,1%); Rio de Janeiro (6,9%); São Paulo (8,0%); Recife (8,3%); Salvador (11,6%).

O número de pessoas ocupadas foi estimado, em agosto de 2008, em 1,533 milhão, o que representou crescimento de 7,1% (mais 101 mil pessoas) comparativamente a agosto do ano anterior.

Renda

O rendimento médio real habitualmente recebido pelas pessoas ocupadas, no mês de agosto, foi de R$ 1.202,30, não apresentando variação significativa em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Setor privado

O levantamento ainda mostra que o número de empregados com carteira assinada, estimado em 712 mil, não apresentou variações significativas tanto em relação ao mês de julho de 2008, como também em relação a agosto de 2007. O mesmo aconteceu com o número de pessoas ocupadas na condição de "trabalhador por conta própria" (277 mil pessoas) e "empregadores" (87 mil pessoas).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]