A primeira usina de resina à base de milho da América do Sul, a ser construída em Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, começou a sair do papel. Na última quarta-feira (29), foi lançada no sudoeste do estado a pedra fundamental da obra, com a presença do governador Beto Richa.

A partir de julho do ano que vem, o empreendimento a ser instalado no município de Pato Branco vai fabricar sacolas a partir do Biolice, um plástico biodegradável produzido a partir do milho. A usina será construída pela empresa paranaense Sementes Guerra em parceria com a francesa Limagrain.

Segundo informações publicadas na Agência de Notícias do Paraná, órgão oficial de comunicação do governo estadual, o negócio terá investimento total de R$ 100 milhões e teve apoio de incentivos fiscais do programa Paraná Competitivo. A expectativa é que cerca de 220 novos empregos diretos sejam gerados na região sudoeste do estado, além de um faturamento de R$ 10 milhões no primeiro ano de funcionamento da usina.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]