Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Varig informou que se prepara para iniciar ações legais necessárias para proteger os interesses de seus funcionários associados do Instituto Aerus (fundo de pensão dos aeroviários). A empresa está solicitando todos os processos administrativos, pareceres e análises técnicas que motivaram e fundamentaram as decisões de intervenção e de liquidação dos planos de aposentadoria da Varig.

De posse de toda a documentação, os advogados da companhia analisarão a íntegra da decisão da Secretaria de Previdência Complementar, do Ministério da Previdência e Assistência Social que, em resposta ao pedido de intervenção encaminhado pela Associação dos Participantes e Beneficiários do Aerus - Aprus, decretou a liquidação dos Planos Varig.

A presidência da Varig e os diretores da companhia afirmam que não pretendiam usar recursos do Instituto Aerus para solucionar problemas de caixa da empresa. E lembraram que desde que a empresa aderiu ao Plano de Recuperação Judicial, os planos da Varig passavam pelo acompanhamento permanente de um administrador especial nomeado pela da Secretaria de Previdência Complementar. O cargo foi exercido pelo atual interventor do Aerus, Ermo Dionízio Brentano.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]