O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacio­nais (Inep) pagará R$ 167 mil ao Instituto Nacional de Me­­trologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inme­tro), contratado para acompanhar e certificar todas as etapas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. Da matriz da prova até a aplicação dos testes e a publicação dos resultados, o Inmetro vai verificar se os procedimentos de segurança e qualificação foram atendidos.

O objetivo é evitar os problemas ocorridos nas edições anteriores. Em 2009, o furto de um exemplar da prova, nas dependências da gráfica contratada para imprimir o material, provocou o adiamento do certame. No ano passado, erros de impressão em cadernos de prova e folhas de resposta tumultuaram o exame, que teve de ser reaplicado para um grupo de estudantes prejudicado.

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 22 e 23 de outubro e cerca de 5,4 milhões de estudantes estão inscritos.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]