Foto: Reprodução YouTube.
Foto: Reprodução YouTube.| Foto:

O novo ministro da Educação, o economista Abraham Weintraub, é um seguidor do escritor Olavo de Carvalho e também defende o combate ao "marxismo cultural" nas universidades - entendido como o consumo dos princípios marxistas, impregnados em aulas, livros, filmes, seriados, etc., sem dar-se conta. Ele e o irmão, o economista Arthur Weintraub, que ajudou na formulação da reforma da Previdência, atuam na equipe de Jair Bolsonaro desde a campanha eleitoral.

Em 8 de dezembro de 2018, o economista defendeu suas teses na Cúpula Conservadora das Américas. Ele disse que, para vencer as ideias de esquerda, os conservadores devem ter bom humor e "adaptar" as ideias de Olavo de Carvalho.

Assista ao vídeo:

ESCUTE: Ideias #18: Flavio Gordon fala de marxismo cultural



47 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]