Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

cotas

UFRGS adota “tribunal racial” para julgar pele, nariz e cabelo de cotistas

Candidatos terão que passar por uma comissão de avaliação de fenótipo. Instituição também criou cotas para portadores de deficiência

  • Gabriel de Arruda Castro
 | Ramon Moser/UFRGS
Ramon Moser/UFRGS
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Educação

PUBLICIDADE