Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Calendário do ProUni

Inscrições: de 13 a 17 de janeiro de 2014

Resultado da primeira chamada: 20 de janeiro

Comprovação de informações: de 20 a 24 de janeiro

Resultado da segunda chamada: 3 de fevereiro

Comprovação das informações: de 3 a 6 de fevereiro

Prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera: 13 e 14 de fevereiro

Comprovação de informações dos participantes da lista de espera: 19 e 20 de fevereiro

No primeiro dia de inscrição, o site do Programa Universidade para Todos (Prouni) passa por problemas técnicos e está fora do ar desde as 20h45, aproximadamente. Até às 21h30, o site continuava inoperante.

O Ministério da Educação (MEC) informou que se trata de um problema com o provedor, que já está sendo resolvido e que, em breve, o site voltará a funcionar. De acordo com a pasta, não há problema com os dados e os estudantes que confirmaram a inscrição podem ficar tranquilos.

Nesta edição, o ProUni oferece 191.625 bolsas em 1.116 instituições privadas de educação superior. São 131.636 bolsas integrais e 59.989 parciais. O número de bolsas ofertadas aumentou 18% na comparação com o primeiro semestre de 2013. As inscrições foram abertas nesta segunda-feira e vão até as 23h59 de sexta-feira (17) no site do programa.

Até as 20h, 423.163 candidatos se inscreveram no ProUni, segundo balanço divulgado pelo MEC. As inscrições somam 806.659 – pois os candidatos podem fazer até duas opções de curso.

Pode se inscrever no ProUni quem não tem diploma de curso superior. O estudante precisa ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. O candidato não pode ter zerado na redação e precisa ter cursado o ensino médio na rede pública ou, com bolsa integral, na rede privada.

As bolsas integrais são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais pagam 50% da mensalidade e são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar até três salários mínimos por pessoa. O bolsista parcial poderá usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear o restante da mensalidade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]