i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Educação

MEC aumenta rigor na correção da redação do Enem

As inscrições para o Enem 2012 ficarão abertas a partir da próxima segunda-feira (28) até 15 de junho

  • PorFolhapress e Agência O Globo
  • 24/05/2012 14:48

O Enem 2012

As inscrições para o Enem 2012 estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (28) e seguem até 15 de junho. A prova ocorrerá nos dias 3 e 4 de novembro. O gabarito da prova será divulgado no dia 7 de novembro e o resultado em 28 de dezembro.

A nota de corte para quem usa o Enem como certificação de Ensino Médio mudou. Antes, era de 400 pontos em cada área do conhecimento, e passa a ser de 450 agora. Já a nota de corte da redação continua a mesma: 500.

Segundo o MEC, as provas deste ano envolverão o trabalho de 400 mil pessoas e vão ser aplicadas em 140 mil salas de aula. A distribuição das folhas de teste terá 9.728 rotas e o acompanhamento da Polícia Federal. A previsão do ministério é que haja entre 5,8 milhões e 6,1 milhões de inscritos no Enem deste ano. Em 2011, foram 5,4 milhões.

O Enem é usado como vestibular em várias universidades públicas brasileiras, e é obrigatório para quem deseja obter uma bolsa em universidade particular pelo Programa Universidade para Todos (Prouni), ou para quem quiser financiamento pelo Fies. A nota do Enem é ainda critério para a concessão de bolsas no programa Ciência Sem Fronteiras.

A redação dos estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano será submetida a um novo sistema de correção. A intenção é aumentar o rigor na avaliação dos textos e, assim, evitar pedidos de revisão da nota. No ano passado, o Inep, órgão ligado ao Ministério da Educação e responsável pelo Enem, recebeu cerca de 120 pedidos judiciais de candidatos que, insatisfeitos com a nota obtida na redação, quiseram ter acesso à correção do texto.

Com as mudanças anunciadas nesta quinta-feira (25) pelo ministro da Educação Aloizio Mercadante, uma única redação poderá passar por análise de até seis corretores - hoje, o texto é corrigido por até três profissionais. "Estamos bastante preparados para enfrentar esse grande desafio que é fazer o Enem cada vez mais aperfeiçoado, mais seguro, e que dê tranquilidade para as famílias e jovens que vão participar desse processo", afirmou Mercadante.

Pontos

Na edição de 2012, o texto que apresentar uma diferença de 200 pontos entre as notas dadas por dois corretores seguirá automaticamente para uma terceira análise. Hoje, para obter essa terceira avaliação é necessária uma diferença de 300 pontos.

O texto também seguirá para esse terceiro corretor caso haja diferença de 80 pontos na análise de um ou mais quesitos considerados na definição da nota. A nota final da redação, cujo valor máximo é de 1.000 pontos, é baseada em 5 itens, como domínio da língua escrita e aplicação de conceitos de várias áreas de conhecimento.

Se ainda nessa terceira correção persistir a discrepância de pontos, a redação será novamente avaliada, dessa vez por uma banca presencial, formada por três membros. Essa última avaliação não existia na edição do Enem do ano passado.

"Se permanecer a dispersão [dos pontos] nós iremos para uma quarta avaliação, que é uma banca certificadora, coordenada por um doutor que fará a avaliação final", disse o ministro.

Guia do participante

A partir de julho, o Inep deve disponibilizar um guia para os candidatos do Enem com explicações sobre a metodologia para correção da prova, além de modelos de "redação de excelência". "É preciso que o estudante saiba o que se espera dele", disse Luiz Cláudio Cunha, presidente do Inep.

O material deverá ser publicado na página do Inep em PDF e em guias impressos para escolas públicas. Segundo o ministro Aloizio Mercadante, a expectativa é que neste ano se inscrevam entre 5,8 e 6,1 milhões de candidatos.

Banco de Itens

Mercadante também anunciou que o banco de dados da prova objetiva aumentou, mas reconheceu que é preciso melhorar ainda mais nesse ponto e que tal processo demanda tempo. O ministro afirmou ainda que não poderia informar quantos questões compõem o banco atualmente - no ano passado eram 1200. Para este ano, o ministro prometeu que o número deverá aumentar para 3439 itens.

No último Enem, houve o vazamento de questões da prova para alunos de uma escola particular de Fortaleza, que haviam participado de um pré-teste do exame. Parte das questões a que eles tinham respondido foram novamente usadas na prova. Mercadante disse que houve mudanças para que o erro não se repita, mas não quis detalhá-las, alegando motivos de segurança. "Mudamos nossa metodologia para ter mais segurança no pré-teste. Esse risco hoje não está presente", garantiu o ministro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.