Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Kléber foi o primeiro candidato a sair no câmpus de Agrárias |
Kléber foi o primeiro candidato a sair no câmpus de Agrárias| Foto:
  • Nathan Gencissk estava muito nervoso.

Os candidatos do vestibular 2011 da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que estão deixando as salas neste domingo, 14, dia da primeira fase do processo seletivo, dizem que a prova estava difícil. Os estudantes começaram as provas às 14 horas e foram liberados para deixar o local a partir das 15h30.

Dulcinéia Ferreira dos Santos, 19 anos, tenta Medicina e achou que a prova estava muito difícil. Para ela, as questões de exatas foram as mais complexas. Na prova de Literatura, duas obras chamaram a sua atenção: Felicidade Clandestina, de Clarice Lispector, e São Bernardo, de Graciliano Ramos. Na prova de Física, as questões traziam as fórmulas, o que ajudou muito, na sua opinião. "Cairam muitas questões sobre a globalização e na parte de Biologia tinha um exercício sobre as camadas da pele."

No câmpus de Agrárias, o primeiro a sair foi o candidato de ZootecniaKléber Caruso, de 18 anos. Segundo ele, a prova estava difícil, e as questões mais complicadas foram as de Química. Ele, que vai fazer intercâmbio no ano que vem, disse que o vestibular da Federal não é prioridade neste momento, por isso não se dedicou muito aos estudos.

Apesar de ser treineiro, o candidato Nathan Gencissk estava muito nervoso. "Meu Deus, que prova difícil!", dizia. Segundo ele, além de Clarice Lispector e Graciliano Ramos, a prova de Literatura trazia ainda uma questão sobre o livro Inocência, de Visconde Taunay, que pela primeira vez aparece em um vestibular da Federal.

Aline Cândido, de 20 anos, também disse que não conseguiu estudar muito antes da prova e que, por isso, não espera ser aprovada. Ela, que parou de estudar há três anos e no ano que vem pretende fazer cursinho para tentar a aprovação em Medicina Veterinária, achou a prova de Física a mais difícil.

Márcio José de Souza, 31 anos, candidato de Medicina, foi o único entrevistado que achou a prova fácil, mas não lembrava de muitas questões. No ano passado ele foi para a segunda fase. "Estou confiante, neste ano vou passar."

O término do exame está previsto para as 19 horas, ou seja, os candidatos têm cinco horas para responder as 80 questões de múltipla escolha. São nove questões de Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia, Língua Portuguesa e Literatura e oito questões de Língua Estrangeira.

Abstenção parcialPelo menos 2.083 já estão eliminados do processo seletivo. Segundo Raul von der Heyde, coordenador do Núcleo de Concursos da UFPR, estes candidatos não imprimiram seu comprovante de ensalamento. "Sem o documento não é possível nem ao menos saber o local de prova", explica. O número corresponde a 4,75% do total de inscrições.

Ainda segundo o corrdenador, o número total de candidatos ausentes está sendo levantado e será divulgado no meio da tarde deste domingo, 14, dia em que estão sendo aplicadas as provas da primeira fase do vestibular da UFPR.

Os candidatos concorrem 5.540 vagas em 95 opções de curso. Neste ano, a UFPR vai destinar 10% das vagas em cada curso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação, que classifica candidatos a instituições públicas exclusivamente pela nota do Exame Nacional do ensino Médio (Enem). Além disso, o Enem terá peso de 10% na nota final dos estudantes que fizerem o vestibular. Mesmo com os problemas encontrados no exame, a Federal disse que pretende manter o uso do exame em seu processo seletivo.

Em breve mais informações.

Está participando do vestibular da UFPR? Deixe seu recado!

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]