Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. República
  4. Eleições 2018
  5. Monarquistas se aproximam de Bolsonaro e reforçam base de apoio do presidenciável

eleições

Monarquistas se aproximam de Bolsonaro e reforçam base de apoio do presidenciável

Candidato a deputado pelo partido de Bolsonaro, príncipe Dom Philippe dá sinais de que pode apoiar a candidatura do presidenciável, que é o principal nome da direita conservadora

  • Brasília
  • Flávia Pierry
 | Reprodução
Reprodução
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Mais uma ala do conservadorismo se aproxima do pré-candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Os monarquistas intensificaram o apoio ao deputado federal, indicando que uma possível bancada pró-Bolsonaro na Câmara dos Deputados em 2019  também contará com nomes ligados à Família Real brasileira ou que defendem a restauração da Monarquia. 

O príncipe Dom Luiz Philippe de Orleans e Bragança, que deve ser candidato a deputado federal pelo PSL no Rio de Janeiro, está se aproximando do presidenciável. No dia 30 de abril, o representante da monarquia esteve em evento do agronegócio em Ribeirão Preto (São Paulo), acompanhando Bolsonaro. 

Bolsonaro vem trabalhando para atrair e sinalizar a seus eleitores quem são os nomes que podem compor sua bancada de apoio no Congresso, e sua aproximação aos monarquistas ocorre de forma natural, na visão de seus apoiadores, com alinhamento de visões em temas como direito à vida, proteção à família e direito à propriedade privada. 

No gabinete de Bolsonaro, a avaliação é que a aproximação entre o príncipe e o presidenciável é saudável e positiva para a pré-campanha do deputado. Philippe foi elogiado pela sua excelente formação e educação, segundo assessor de Bolsonaro. 

No começo de abril, Dom Luiz Philippe visitou o gabinete do deputado federal presidenciável em Brasília, onde tirou fotos e participou de reunião. Na ocasião, Bolsonaro recebeu um exemplar do livro “Por que o Brasil é um país atrasado?”, de autoria de Dom Luiz Philippe. Também participaram da reunião os deputados federais Delegado Francischini (PSL-PR) e Eduardo Bolsonaro(PSL-SP). 

Outros pré-candidatos à Presidência da República também ensaiam um aceno aos monarquistas. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) patrocinou uma homenagem a figuras importantes da monarquia, com uma exposição da Câmara dos Deputados. 

A coroa e os militares

Dom Philippe também reforçou sua presença junto aos militares. No dia 3 de maio, ele participou da cerimônia de Passagem do Comando Militar do Sudeste, ao lado de Bolsonaro. No evento, tomou posse o general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira. Ao final do evento, o príncipe almoçou com Bolsonaro, militares e apoiadores no Círculo Militar em São Paulo. 

Na costura e negociação para compor uma base de apoio no Congresso, Bolsonaro já conta com adesões da chamada Bancada da Bala, composta por delegados e militares. Outros grupos vêm indicando novos apoios, como delegados da Polícia Federalagentes que planejam lançar candidaturas em todo o país, aproveitando o sucesso da Operação Lava Jato e de ações de combate à corrupção.  

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE