055159

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. Paraná
  4. Eleições 2018
  5. Quem ganhou e quem perdeu no debate da RPC para o governo do Paraná

eleições 2018

Quem ganhou e quem perdeu no debate da RPC para o governo do Paraná

Jornalistas da Gazeta do Povo analisam o desempenho dos candidatos no último cara a cara entre eles na TV aberta antes das eleições

  • Catarina Scortecci
Cenário do debate na RPC: candidatos foram menos agressivos do que em oportunidades anteriores. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Cenário do debate na RPC: candidatos foram menos agressivos do que em oportunidades anteriores. Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Os principais candidatos ao governo do Paraná repetiram suas estratégias neste terceiro e último debate na televisão, realizado na noite desta terça-feira (2), pela RPC. Dos dez candidatos ao governo do Paraná, seis foram chamados para participar do debate na afiliada da Rede Globo no estado: Cida Borghetti (PP), Dr Rosinha (PT), João Arruda (MDB), Ogier Buchi (PSL), Professor Piva (PSol) e Ratinho Júnior (PSD).

Ao longo de quase duas horas, Piva voltou a concentrar a artilharia em Ratinho. Mas, ao contrário dos debates anteriores, o candidato do PSD não demonstrou irritação. Ratinho ignorou provocações, saiu pela tangente, e ocupou a maior parte do tempo tentando despejar propostas.

TEMPO REAL: veja como foi o debate da RPC lance a lance

João Arruda fez ataques indiretos a Ratinho – não houve uma única troca de pergunta/resposta entre os dois. Ao questionar Cida sobre educação e segurança pública, por exemplo, o emedebista aproveitava para falar do “outro candidato” com “propostas mirabolantes”. 

Confira a análise do desempenho dos candidatos:

SAIBA MAIS DO DEBATE:

CHECAMOS: quatro dados que os candidatos levantaram no debate da RPC

BASTIDORES: o que a televisão não mostrou do debate da RPC

Dobradinha Cida e Ogier

Assim como no primeiro debate na televisão, promovido pela Band, Ogier novamente fez dobradinha com Cida, levantando os temas preferidos da adversária, que aproveitou para contar sobre suas ações à frente do governo do Paraná, desde abril.

Já o nome do ex-governador do Paraná e candidato a senador Beto Richa (PSDB), envolvido em escândalos de corrupção, voltou a aparecer, embora menos na comparação com o debate anterior, na RIC. E Cida e Ratinho – ambos integrantes da gestão do tucano no governo do estado – permaneceram ignorando o nome do aliado.

O candidato Rosinha também quis juntar o trio Cida, Ratinho e João Arruda no mesmo barco, o de aliados da impopular gestão Michel Temer (MDB). Foi a oportunidade criada pelo petista para, novamente, pedir votos ao presidenciável Fernando Haddad (PT).

Rosinha e Ogier foram os únicos a lembrar dos respectivos candidatos à presidência da República. Mesmo preterido por Jair Bolsonaro (PSL), que declarou apoio a Ratinho, Ogier apelou ao eleitor do presidenciável logo no começo do debate: “Eu sou candidato do Bolsonaro. Que fique bem claro. Se você vota no Bolsonaro, você vota no Ogier”.

ELEIÇÕES 2018: acompanhe notícias do Paraná

Veja o resumão do debate:

Segundo turno no Paraná?

A preocupação com uma vitória de Ratinho Jr já no primeiro turno apareceu de forma discreta, e na boca de João Arruda. O emedebista pediu mais tempo para o eleitor conhecê-lo. Quando criticado por Piva sobre posições que adotou na Câmara dos Deputados, João Arruda também reclamou: “O senhor está muito preocupado em levar dois candidatos do Beto Richa [Cida e Ratinho] para o segundo turno”, disse o emedebista, sugerindo que ele, que se coloca como nome da oposição, tem chance de ir ao segundo turno com Ratinho, e deveria ser poupado das farpas do candidato do PSol.

Nas três pesquisas de intenção de voto realizadas pelo Ibope (*) desde o início da campanha eleitoral, Ratinho Júnior aparece em primeiro lugar e com vitória já no primeiro turno, quando desconsiderados os votos brancos, nulos e dos indecisos. Apesar disso, a comparação com os três cenários revela também que, do início da campanha eleitoral até aqui, aumentaram as chances de segundo turno, a partir da redução dos indecisos, e do crescimento das candidaturas de Cida e João Arruda.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>