Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

2018

Pesquisa mostra Bolsonaro na frente e até quatro candidatos brigando pelo 2.º turno

Levantamento do Ipespe mostra que, com carimbo de Lula, Fernando Haddad salta de 2% para 12% nas intenções de voto

  • Kelli Kadanus
 | CARL DE SOUZA/AFP
CARL DE SOUZA/AFP
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) divulgada nesta quinta-feira (26) mostra o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) na liderança das intenções de voto, com até quatro candidatos brigando pela segunda vaga no segundo turno, dependendo do cenário. Marina Silva (Rede)Geraldo Alckmin (PSDB)Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) brigam por uma vaga no segundo turno. 

Se as eleições fossem hoje, Bolsonaro teria entre 20% e 23% dos votos, dependendo do cenário pesquisado - ele só perde a liderança no cenário em que Lula é o candidato do PT. O capitão da reserva tem um desempenho melhor nas pesquisas realizadas sem o nome do PT ou quando o nome do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), não está vinculado ao de Lula. Em ambos os cenários, o deputado tem 23%. Com Lula no páreo, o petista lidera as intenções de voto, com 30%, e Bolsonaro fica com 20%. Já com o nome de Haddad colocado como o candidato apoiado por Lula, o ex-prefeito fica com 12% e Bolsonaro com 22%. 

No cenário em que Lula apoia Haddad como nome do PT na disputa, o ex-prefeito de São Paulo sai de 2% para 12% das intenções de voto e briga por uma vaga no segundo turno. Nesse cenário, Haddad tem 12%, tecnicamente empatado com Marina (10%), Alckmin (9%) e Ciro (9%). O número de eleitores que diz que vai votar nulo ou não vai votar em ninguém corresponde a 25%. 

No cenário em que Haddad disputa a eleição pelo PT, mas sem o aviso aos eleitores de que ele é o candidato apoiado por Lula, o ex-prefeito de São Paulo tem apenas 2% das intenções de voto – mesmo patamar de Henrique Meirelles (MDB) Manuela D’Ávila (PCdoB). Bolsonaro pontua 23% e o a vaga no segundo turno seria disputada por Marina (13%), Geraldo (10%) e Ciro (10%) – tecnicamente empatados na margem de erro. O cenário é o mesmo se o PT não apresentar candidato na disputa. 

Já com Lula no páreo e na liderança (30%), a vaga no segundo turno seria de Bolsonaro (20%). Os demais candidatos não teriam votos para disputar com o capitão da reserva. Nesse cenário, Geraldo Alckmin teria 9%, Marian 8%, Ciro 8% e Alvaro Dias (Podemos) 5% - os três tecnicamente empatados. 

Metodologia

A pesquisa foi realizada pelo Ipespe, de 23 a 25 de julho de 2018. Foram ouvidos mil entrevistados pelo telefone. A margem de erro é de 3.2 pontos percentuais e tem um nível estimado de 95,45 % de confiança. O número de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é BR-07756/2018. 

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE