Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

disputa presidencial

PSC fecha aliança com Alvaro Dias e Paulo Rabello será vice na chapa

Ex-presidente do BNDES agrega qualificação técnica à sua candidatura, diz presidenciável do Podemos. Sigla também anunciou ter fechado aliança com o PRP, do general Augusto Heleno

  • São Paulo
  • Estadão Conteúdo
 | Reprodução
Reprodução
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Candidato do PSC à Presidência, o economista Paulo Rabello de Castro anunciou nesta quarta-feira (1º) que desistiu de concorrer e passará a integrar como candidato a vice-presidente a chapa do senador Alvaro Dias (Podemos).

O anúncio foi feito em entrevista coletiva na sede do PSC após cerca de uma hora de reunião, com a presença dos pré-candidatos e dos presidentes de ambas as siglas, Renata Abreu (Podemos) e Pastor Everaldo (PSC). No dia 20 de julho, o PSC havia oficializado Rabello como candidato à Presidência.

Dias afirmou que a presença de Rabello, ex-presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), agrega “qualificação técnica indispensável para a promoção das mudanças que o Brasil está exigindo”.

Assim, o senador se torna o segundo candidato a conseguir oficializar um vice. Com duas semanas para o prazo de registro de candidatura, a maior parte das alianças segue indefinida. Apenas o PSOL já possuía chapa fechada, com o coordenador do MTST Guilherme Boulos e Sônia Guajajara.

O Podemos também anunciou ter fechado aliança com o PRP, partido do general Augusto Heleno, que chegou a ser cotado para vice de Jair Bolsonaro (PSL-RJ).

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE