234946

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. República
  4. Eleições 2018
  5. São Paulo
  6. Pesquisa: Bolsonaro e Alckmin empatam no maior colégio eleitoral do país

eleições 2018

Pesquisa: Bolsonaro e Alckmin empatam no maior colégio eleitoral do país

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas revela os dois pré-candidatos em empate técnico na intenção de votos do eleitor no estado de São Paulo em cenário sem Lula como pré-candidato

  • Filipe Albuquerque especial para a Gazeta do Povo
Nos três cenários propostos pela pesquisa, Alckmin ‘cola’ em Bolsonaro na preferência do eleitor de São Paulo. | Henry Milleo/Gazeta do Povo
Nos três cenários propostos pela pesquisa, Alckmin ‘cola’ em Bolsonaro na preferência do eleitor de São Paulo. Henry Milleo/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Levantamento divulgado nesta quarta-feira (20) pelo Instituto Paraná Pesquisas aponta um empate técnico dos pré-candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Geraldo Alckmin (PSDB) na preferência do eleitor paulista pela disputa ao Palácio do Planalto.

A pesquisa aponta três cenários diferentes – sem Lula, com o petista e sem candidato do PT – e, em todos eles, o deputado federal e o ex-governador de São Paulo aparecem juntos, considerada a margem de erro, de 2%.

CONFIRA:A pesquisa em detalhes

No primeiro cenário, com Fernando Haddad no lugar de Lula, Bolsonaro aparece com 21,4% das intenções de voto em São Paulo, seguido muito de perto por Alckmin, com 18,4%. Marina Silva (Rede) aparece na terceira colocação, com 11,7%, seguida por Ciro Gomes (8,3%), Haddad (5,1%) e Alvaro Dias (Podemos), com 3,9%.

Nessa perspectiva, 21% dos entrevistados dizem que não votariam em nenhum dos candidatos, e 5,4% dizem não saber quem escolher.

Com Lula

Com Lula entre os pré-candidatos, o desempenho de Alckmin no estado que governou por quatro mandatos sofre um leve recuo. Bolsonaro permanece em primeiro, como 20,6%, seguido do petista, com 19,5%. O tucano aparece em terceiro, com 16,7%.

Marina Silva surge com 9% das intenções de voto, Ciro Gomes registra 5,6% e Alvaro Dias, 3,5%. Neste cenário, 16,6% declararam não votar em nenhum dos postulantes, e 4,4% informam não saber quem escolher.

Sem o PT

Uma simulação feita sem candidato próprio do PT mantém Bolsonaro na dianteira, com 21,6%. Alckmin aparece muito próximo novamente, com 19,1% na preferência do eleitor de São Paulo, seguido mais uma vez por Marina Silva, com 12,6%, Ciro Gomes, com 8,9% e Alvaro Dias, com 4%.

Neste último cenário, o número de eleitores que declaram não votar em nenhum dos pré-candidatos apresentados chega a 22%, enquanto os que estão em dúvida chega a 5,5%.

Meritocracia

Governador de São Paulo por quatro mandatos, Alckmin é apontado por 58,5% dos ouvidos pela pesquisa como merecedor da presidência da República a partir do que fez no Executivo paulista; 37,4% discordam e não veem o tucano como o nome ideal para o cargo. O contingente dos que não souberam responder ou estão em dúvida foi de 4,2%.

Metodologia

A pesquisa, que ouviu 2 mil eleitores de 16 anos ou mais em 82 cidades do estado de São Paulo entre os dias 13 e 18 de junho, foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-09235/2018, para o cargo de presidente. O grau de confiança é de 95% – o que significa que, se a pesquisa fosse realizada 100 vezes com a mesma metodologia, em 95 os resultados estariam dentro da margem de erro.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>