183144

Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Política
  3. República
  4. Eleições 2018
  5. Seria melhor ter lançado Ciro, admite coordenador de campanha do PT

estratégia

Seria melhor ter lançado Ciro, admite coordenador de campanha do PT

Jaques Wagner (PT-BA) lembra que sempre defendeu acordo com Ciro Gomes, mas diz que esse é um “assunto superado”

  • Folhapress
Senador eleito pelo PT na Bahia, Jaques Wagner concorda que melhor estratégia seria acordo com Ciro Gomes (PDT)  | José Cruz/Agência Brasil
Senador eleito pelo PT na Bahia, Jaques Wagner concorda que melhor estratégia seria acordo com Ciro Gomes (PDT)  José Cruz/Agência Brasil
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Ex-governador da Bahia e senador eleito pelo PT, Jaques Wagner assumiu como coordenador da campanha de Fernando Haddad à presidência nos últimos dias e manifestou, nesta segunda-feira (15), que a melhor estratégia para uma vitória na corrida presidencial seria o lançamento de Ciro Gomes (PDT) ao Palácio do Planalto.

Repetindo ser defensor de alternância de poder e do fim da reeleição, Wagner fez essa avaliação ao comentar uma proposta da senadora Katia Abreu que sugeriu a substituição de Haddad por Ciro Gomes para garantir a eleição.

IBOPENova pesquisa mostra Bolsonaro com vantagem de 18 pontos 

Wagner disse que esse era um assunto superado, mas ressaltou sempre ter defendido um acordo com Ciro. Questionado, então, se essa seria a melhor estratégia para o campo de esquerda, Wagner concordou, sob o argumento de que a campanha de Jair Bolsonaro se resume ao ataque ao PT.

“O que eles têm a dizer? É anti-PT. É anti-PT”.

Embora reconheça que o PT está estigmatizado, segundo suas próprias palavras, Wagner disse ter esperança de que o medo de Bolsonaro derrube resistências a Haddad neste segundo turno.

“Se as pessoas tiverem mais medo dele do que raiva do PT, podem votar no Haddad. Não precisa amar o PT”.

Wagner disse ainda ter esperança de uma declaração de apoio mais contundente de Ciro: “Não vou jogar a toalha. Ele pode enviar um live de onde ele estiver”, disse o ex-governador em referência ao fato de Ciro estar na Europa.

DESEJOS PARA O BRASIL:  Paz social, sem o abandono dos mais necessitados

Wagner acrescentou: “Alguém me disse que ele voltaria antes e anunciaria o apoio mais contundente”. Segundo Wagner, Haddad defende a amplitude das alianças como saída para a situação.

Também integrante do comitê eleitoral petista, o tesoureiro do PT, Emídio de Souza, afirma que “essa campanha foi feita no submundo”. Segundo ele, as fake news estão deformando a vontade popular e as autoridades não estão atacando sua matriz.

“A atuação do TSE está sendo frágil para combater o estímulo à violência na campanha. O TSE tem que coibir a fábrica de fake news”, diz.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O jornalismo da Gazeta depende do seu apoio.    

Por apenas R$ 0,99 no 1º mês você tem
  • Acesso ilimitado
  • Notificações das principais notícias
  • Newsletter com os fatos e análises
  • O melhor time de colunistas do Brasil
  • Vídeos, infográficos e podcasts.
Já é assinante? Clique aqui.
>