i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Ausência

Em Curitiba, índice de abstenção é o maior da história das eleições

  • 15/11/2020 22:29
Cerca de 30% dos eleitores curitibanos não apareceram para votar em 2020.
Cerca de 30% dos eleitores curitibanos não apareceram para votar em 2020.| Foto: Gerson Klaina/Tribuna do Paraná

Já se imaginava que as eleições encerradas neste domingo (15) pudessem registrar números altos de abstenções, em função do medo da pandemia do novo coronavírus e da facilidade para justificar a ausência (pela primeira vez isso pôde ser feito via aplicativo de celular). Em Curitiba, a proporção de eleitores que não apareceram para votar nas seções foi a maior da história das eleições municipais pós-redemocratização, desde 1985. Dentro do universo total de eleitores curitibanos (1.349.888 eleitores), 30,18% se ausentaram do pleito, o equivalente a 407.396 eleitores.

WhatsApp: receba um boletim diário com notícias do Paraná

Por volta das 16h30, quando ainda não era possível saber a quantidade de abstenções, o presidente do TRE, desembargador Tito Campos de Paula, já avaliava os possíveis cenários. “Tivemos sim esta preocupação. Historicamente, a abstenção fica em torno de 18% a 20%. Em tempos de pandemia, se ultrapassar um pouco, mas não mais do que 25%, ainda assim consideraríamos dentro da normalidade”, comentou ele. Até aqui, em Curitiba, a maior abstenção nas eleições municipais (confira abaixo) foi vista no segundo turno das eleições de 2016, quando 20,12% do eleitorado não compareceu nas urnas.

Números de ausentes em Curitiba nas eleições anteriores

  • Eleição 2016 - Curitiba no 1º turno – 247.223 eleitores (16,44%) / Curitiba no 2º turno – 259.399 eleitores (20,12%)
  • Eleição 2012 - Curitiba no 1º turno – 106.659 eleitores (9,09%) / Curitiba no 2º turno - 118.356 eleitores (10,09%)
  • Eleição 2008 - Curitiba – 186.163 eleitores (14,84%)
  • Eleição 2004 - Curitiba no 1º turno – 170.178 eleitores (14,43%) / Curitiba no 2º turno – 211.115 eleitores (17,90%)
  • Eleição 2000 - Curitiba no 1º turno - 182.929 eleitores (16,48%) / Curitiba no 2º turno – 182.125 eleitores (16,40%)     
  • Eleição 1996 - Curitiba – 142.739 eleitores (14,83%)
  • Eleição 1992 - Curitiba – 103.516 eleitores (12,16%)
  • Eleição 1988 - Curitiba – 54.187 eleitores (7,46%)
  • Eleição 1985 - Curitiba – 104.344 eleitores (16,71%)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.