Rafael Greca venceu em todas as regiões eleitorais da cidade
Prefeito reeleito, acompanhado da primeira-dama, Margarita Samsone, e do vice, Eduardo Pimentel, após votação no último domingo| Foto: Divulgação

Reeleito no primeiro turno com 59,74% dos votos, o prefeito de Curitiba Rafael Greca (DEM) também liderou com folga nas dez zonas eleitorais do município. Na divisão por regiões estabelecida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), também não foi observada grande diferença em relação à votação geral, que teve Goura (PDT) na segunda colocação e Fernando Francischini (PSL) em terceiro.

Receba as notícias do Paraná pelo WhatsApp

A maior vantagem de Greca foi obtida na 175ª Zona Eleitoral, que abrange bairros do sul e sudeste da capital, como grande parte da Cidade Industrial, Tatuquara e a Caximba, uma das vitrines da campanha de Greca - com o projeto de revitalização da região. Nessa zona, o prefeito conquistou 63,24% dos votos. Já a zona eleitoral em que foi registrado o menor percentual (58,15%) foi a 3ª, onde está o bairro Cajuru.

A 175ª Zona Eleitoral foi também a única região da cidade onde Francischini superou Goura. Foram apenas 59 votos de vantagem, que garantiram ao candidato do PSL a segunda colocação, com 8,45% dos votos. Seu melhor desempenho, contudo, foi na 145ª - onde estão os bairros Umbará, Sítio Cercado e Pinheirinho - com 8,63%. Em três zonas eleitorais - 1ª, 177ª e 178ª - Francischini foi superado por João Guilherme (Novo).

Goura manteve o segundo lugar em nove das dez zonas eleitorais, sendo que o melhor desempenho foi na 177ª - que inclui a região central -, com 17,36%, e o pior - 8,38% - na 175ª.

11 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]