i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Eleições 2020

Lula na TV, mas não no palanque: a participação do PT na campanha de Boulos em SP

  • PorAndrea Torrente, especial para a Gazeta do Povo
  • 20/11/2020 16:37
Guilherme Boulos: para o candidato, apoio de Lula e do PT no segundo turno é "fundamental"
Guilherme Boulos: para o candidato, apoio de Lula e do PT no segundo turno é “fundamental”| Foto: Reprodução/Facebook

Num movimento esperado desde o primeiro turno – quando ficou claro que as chances de vitória do candidato petista Jilmar Tatto eram escassas –, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou o apoio do PT a Guilherme Boulos (Psol), que enfrenta o prefeito Bruno Covas (PSDB) no segundo turno da eleição municipal em São Paulo.

“Essa nossa campanha do segundo turno não é mais só do Psol, do PCB e da UP, hoje ela tem uma representação e uma força muito maior na cidade”, disse Boulos, na última quarta-feira (18). Além dos petistas, ele recebeu o endosso também de Orlando Silva (PcdoB), que teve 0,23% dos votos válidos no primeiro turno; de Marina Helou (Rede), que teve 0,41% dos votos válidos; e do PDT. O Psol também recebeu o apoio do PSB, que tinha Márcio França como candidato. França, porém, não participa da iniciativa.

O apoio do PT foi recebido com entusiasmo pela militância dos dois partidos. Na terça, Boulos participou de um evento na zona sul de São Paulo ao lado de militantes petistas, que contou com mais pessoas do que costumava ocorrer no primeiro turno. "É importante que a gente consiga transferir a votação do Jilmar [Tatto] para ele. Por isso, a gente está se engajando aqui na campanha", afirmou o vereador paulistano Antonio Donato (PT) ao UOL.

Apesar da alta rejeição de Lula entre os eleitores paulistanos – 54% deles não votariam "de jeito nenhum" em um nome indicado pelo petista, de acordo com pesquisa Datafolha realizada no início de outubro (veja a metodologia abaixo) –, na política prevalece a máxima de que “apoio não se nega”.

“Todos os eleitores e eleitoras que votam no PT, todos os eleitores que são de esquerda, todos os eleitores progressistas, todos que querem restabelecer a democracia no Brasil, têm agora o compromisso histórico de votar no companheiro Guilherme Boulos para prefeito de São Paulo”, escreveu o ex-presidente no Twitter, na terça-feira (17).

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e o candidato petista à Presidência em 2018, Fernando Haddad, também se juntaram ao coro e se colocaram à disposição para ajudar na campanha do candidato do Psol.

Apoio do PT é "fundamental", diz Boulos

Apesar da rejeição do ex-presidente, Boulos só tem a ganhar com o apoio do PT, segundo Rodrigo Prando, sociólogo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo. “Com Lula, a rejeição de Boulos aumenta. Mas, mesmo sem Lula, a rejeição dele já seria grande porque a centro-direita e a direita bolsonarista tendem a anular o voto ou a votar no Bruno Covas, que é visto como um mal menor”, avalia o especialista.

Em coletiva na terça-feira (17), o candidato do Psol definiu como “fundamental” o apoio do Partido dos Trabalhadores, e frisou a relação amigável com a legenda. “Fizemos no primeiro turno uma campanha com respeito mútuo, não caímos em armadilha, casca de banana, tendo lado e sabendo quem são os nossos adversários”, disse.

Ele acrescentou que Lula e Tatto devem participar de seu horário eleitoral, que começou nesta sexta-feira (20). “Vamos sim levar nossos apoiadores na televisão. Nós aqui não escondemos apoio”, completou o candidato.

O presidente do Psol, Juliano Medeiros, afirmou, em sabatina do UOL, na segunda-feira (16), que prescindir do apoio do PT seria um suicídio. "O PT tem muita rejeição, mas tem muitos apoiadores. Esses eleitores que votaram no PT são muito importantes, assim como quem votou no Orlando Silva, na Marina [Helou], ou quem não votou. No segundo turno, há que se receber apoio”, disse.

Medeiros afirmou, ainda, que Lula não participará da campanha de rua de Boulos por ser do grupo de risco para Covid-19. No primeiro turno, o ex-presidente fez campanha apenas na TV e na internet. Questionado sobre a possibilidade de o Psol disponibilizar para Lula o "papamóvel" usado por Luiza Erundina, Medeiros negou: "O protagonismo é de Boulos e Erundina, nenhum apoio pode obscurecer essa liderança", disse.

Presença de Lula deve nacionalizar o segundo turno em São Paulo

Com a entrada de Lula na arena paulistana, o tom da disputa vai abrir espaço para uma briga nacional, segundo o professor da Universidade Mackenzie. “Acaba sendo uma discussão mais nacionalizada porque, se o Bolsonaro teve enorme rejeição e isso acabou impactando Celso Russomanno, a rejeição de Lula também vai impactar Boulos”, avalia Prando. Por isso, segundo ele, o candidato do Psol deve usar de maneira muito parcimoniosa a figura de Lula e o próprio apoio do PT.

Se o antipetismo vai servir de munição para Covas atacar o adversário, Boulos deve responder no mesmo tom, colando ao prefeito a imagem do governador João Doria – que, em 2018, se elegeu com o slogan “BolsoDoria”. “Nosso adversário em São Paulo é o BolsoDoria, derrotar o autoritarismo, o projeto de atraso representado pelo [Jair] Bolsonaro, que derrotamos no primeiro turno, e agora o projeto elitista do PSDB e do Doria”, disse o candidato do Psol, na terça-feira (17).

Após a derrota de Russomanno, representante do bolsonarismo em São Paulo, o segundo turno é mais um teste para Lula e Doria, potenciais rivais nas eleições presidenciais de 2022, medirem a força nas urnas.

Metodologia da pesquisa citada na reportagem

  • O Datafolha ouviu 1.092 pessoas em São Paulo, sob encomenda da TV Globo e da Folha de S. Paulo, entre os dias 5 e 7 de outubro de 2020. O levantamento tem nível de confiança de 95%, com margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob a identificação SP-08428/2020.
7 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 7 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • F

    Flavius Torres

    ± 6 horas

    PSOL É PT é só uma legenda de aluguel. PT tem várias legendas de aluguel se vc está mal vai para partido nanico onde coeficiente eleitoral é menor

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    1 Respostas
    • P

      Paulo Santos

      ± 2 minutos

      Exato, o prefeito reeleito de Itajaí, SC é um "belo" exemplo. Fundador do PT em 1980 passou 34 anos no Partidão, o abandonou em 2014, mas permanece empregando VÁRIOS companheiros petistas sem largar-lhes as mãos. Esse fato NÃO é isolado, ocorre em MUITAS cidades. Está havendo uma "transferência" programada de petistas para OUTROS partidos, lentamente, para parecer natural. O PSOL foi fundado por dissidentes do PT, Luciana Genro e Heloisa Helena entre outros passaram a agir como satélites mais radicais. Devem assumir total protagonismo nos próximos anos. Querem parecer limpinhos da corrupção quando sabemos não ser verdade. Até rachid pior que a do Flávio tem nome e sobrenome.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

  • A

    Arys

    ± 15 horas

    Bruno Boulos esconde o apoio de Ditadória; Guilherme Covas tenta esconder o apoio do molusco criminoso condenado em três instâncias. Eu penso que o apoio de um criminoso não é bom...

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • L

      Luiz Angelo

      ± 15 horas

      Já foi um absurdo levar este biltre esquerdiota-caviar, invasor de propriedades para o Segundo Turno... Eleger este medíocre terrorista de R$ 1,99, seria a comprovação que titulo de eleitor é uma arma letal ao país, na mão de um **** !! Já chega os quase os desastrosos 16 anos da quadrilha PTralha no poder !!

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • A

        ALOIZIO BARROS DE SOUZA

        ± 16 horas

        Peço a Deu que ilumine o povo de São Paulo e no 2º turno escolha Covas para prefeito. Dos males, o menor. Esse tal Boulos é o capeta encarnado em pessoa. Va de retro satanás.

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • J

          J. Neto

          ± 17 horas

          Paulistanos, não acredito que vocês vão votar em candidato indicado por condenado por corrupção.

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          • J

            J. Neto

            ± 17 horas

            Paulistanos, não acredito que vocês vão votar em candidato indicado por condenado por corrupção.

            Denunciar abuso

            A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

            Qual é o problema nesse comentário?

            Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

            Confira os Termos de Uso

            Fim dos comentários.