i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio Grande do Sul

José Fortunati (PTB): candidato a prefeito de Porto Alegre | Eleições 2020

  • PorGazeta do Povo
  • 18/09/2020 14:49
José Fortunati é candidato a prefeito de Porto Alegre pelo PTB
José Fortunati é candidato a prefeito de Porto Alegre pelo PTB.| Foto: Reprodução Facebook.

José Fortunati é candidato a prefeito de Porto Alegre pelo PTB. O vice na chapa é André Cecchini (Patriota), neurocirurgião, professor universitário e ex-superintendente do Hospital Conceição. A coligação engloba também Podemos e PSC.

Fortunati, que já foi prefeito de Porto Alegre entre 2010 e 2017, é também ex-secretário da Educação do Rio Grande do Sul, ex-deputado estadual e federal. Natural de Fores da Cunha (RS), Fortunati é advogado e tem 65 anos.

Ele participou da criação do Orçamento Participativo da capital gaúcha. “Infelizmente, sabemos que Orçamento Participativo não está sendo utilizado da melhor forma em Porto Alegre, que os problemas se acumularam e que a participação popular andou para trás. A população não merece esse retrocesso”, escreveu no Facebook.

Fortunati trocou vários partidos ao longo da carreira de mais de 30 anos. Foi um dos fundadores do PT, elegeu-se prefeito pelo PDT e tentou uma vaga no Senado pelo PSB. Desde 2018, ele é investigado pelo Ministério Público por suposto nepotismo cruzado na contratação de funcionários.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.