Problema no TSE atrasa divulgação de resultados das eleições em todo o país
| Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE

O atraso na divulgação dos resultados das Eleições 2020 em grande parte do país se deve a dificuldades do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A forma de totalização dos votos mudou neste ano e agora é centralizada no TSE, cujo sistema de divulgação apresenta lentidão.

O Tribunal demorou duas horas e meia, após o encerramento da votação, para se pronunciar oficialmente sobre o atraso. Em nota enviada por volta de 19h30 deste domingo (15), afirmou que o banco de totalização "está somando o conteúdo de forma mais lenta que o previsto" e que "o problema está sendo resolvido pelos técnicos".

"Não há nenhuma relação com o vazamento de dados pessoais de servidores e nenhuma relação com a tentativa de ataque cibernético registrada pela manhã", disse o TSE.

Forma de totalização dos votos mudou neste ano

Até 2018, as informações eram transmitidas dos locais de votação para os tribunais regionais eleitorais (TREs), e destes para o TSE. Neste ano, a sistemática mudou: a totalização é repassada diretamente dos locais de votação para o sistema do TSE.

Leia a nota do TSE na íntegra:

"Em razão de uma lentidão no processo de totalização dos votos (soma dos votos), está ocorrendo um atraso para a divulgação dos resultados da apuração.

Os dados estão sendo remetidos normalmente pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e recepcionados normalmente pelo banco de totalização, que está somando o conteúdo de forma mais lenta que o previsto.

O problema está sendo resolvido pelos técnicos, para a retomada mais célere do processo de divulgação.

Ressaltamos que não há nenhuma relação com o vazamento de dados pessoais de servidores e nenhuma relação com a tentativa de ataque cibernético registrada pela manhã."

16 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]