Sede do Tribunal Superior Eleitoral
| Foto: José Cruz/Agência Brasil

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ratificou, por unanimidade, na manhã desta quinta-feira (12), a decisão do ministro Luís Roberto Barroso de adiar a eleição municipal em Macapá, capital do Amapá. O primeiro turno estava previsto para domingo (15), mas segundo Barroso, que se baseou em relatórios da Abin e da Polícia Federal, não há condições para realizar a votação por causa do apagão que já dura há dez dias no estado. A Corte não estabeleceu a nova data da eleição, mas a Constituição fixa como data-limite o último domingo do ano, dia 27 de dezembro. Nas outras cidades do Amapá a eleição deve ocorrer normalmente. As informações são do G1.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]