Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
pesquisa eleitoral
| Foto: Gazeta do Povo

Levantamento do Paraná Pesquisas sobre a disputa para governador do Ceará, divulgado nesta segunda-feira (9), mostra o deputado federal licenciado Capitão Wagner (União Brasil) com 46,5% das intenções de voto. Em segundo lugar aparece um pré-candidato do PDT, a depender do cenário testado: a governadora Izolda Cela de Arruda Coelho, que assumiu com a saída de Camilo Santana (PT), marcou 24,4%; e o ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, 29,8%.

O ex-governador Camilo Santana, por sua vez, lidera com folga a disputa para o Senado. De acordo com o Paraná Pesquisas, ele tem 66% das intenções de voto. Os demais pré-candidatos aparecem com menos de 3%.

Pesquisa para o governo do Ceará: 1º turno

O instituto perguntou aos eleitores cearenses em qual candidato votariam para o governo do estado se as eleições fossem no dia em que a entrevista foi realizada. Veja a seguir os resultados da pesquisa espontânea e dos dois cenários da pesquisa estimulada – quando são apresentadas as opções de candidatos aos entrevistados.

Cenário 1 - pesquisa estimulada com Izolda

  • Capitão Wagner (União Brasil) - 46,5%
  • Izolda Cela (PDT) - 24,2%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 3,2%
  • Nenhum/branco/nulo - 18,6%
  • Não sabe/não respondeu - 7,5%

Cenário 2 - pesquisa estimulada com Roberto

  • Capitão Wagner (União Brasil) - 43,4%
  • Roberto Claudio (PDT) - 29,8%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 2,9%
  • Nenhum/branco/nulo - 16,9%
  • Não sabe/não respondeu - 6,9%

Pesquisa espontânea

  • Capitão Wagner (União Brasil) - 9,9%
  • Camilo Santana (PT) - 2,7%
  • Izolda Cela (PDT) - 2,3%
  • Roberto Claudio (PDT) - 1,9%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 0,1%
  • Outros nomes citados - 0,7%
  • Nenhum/branco/nulo - 10,4%
  • Não sabe/não respondeu - 72%

Potencial eleitoral dos pré-candidatos ao governo do Ceará

A pesquisa também sondou o potencial eleitoral de cada pré-candidato ao perguntar sobre a possibilidade de voto em cada um deles.

Votaria nele com certeza

  • Capitão Wagner (União Brasil) -28,8%
  • Izolda Cela (PDT) - 11,3%
  • Roberto Claudio (PDT) - 11%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 0,7%

Poderia votar nele

  • Roberto Claudio (PDT) - 36,1%
  • Capitão Wagner (União Brasil) - 28,2%
  • Izolda Cela (PDT) - 25,7%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 9,2%

Não votaria de jeito nenhum

  • Roberto Claudio (PDT) - 40,8%
  • Capitão Wagner (União Brasil) - 34,9%
  • Izolda Cela (PDT) - 28,7%
  • Adelita Monteiro (Psol) - 15,2%

Não o conhece suficientemente para opinar

  • Adelita Monteiro (Psol) - 73,8%
  • Izolda Cela (PDT) - 32,9%
  • Roberto Claudio (PDT) - 10,5%
  • Capitão Wagner (União Brasil) - 6,6%

Pesquisa para o Senado no Ceará

O Paraná Pesquisas sondou dois cenários para a disputa de uma cadeira no Senado pelo estado.

Cenário 1

  • Camilo Santana (PT) - 66,8%
  • Marcelo Mendes (Pros) - 3%
  • Pastor Paixão - 2,7%
  • Alberto Bardawil (PL) - 0,5%
  • Nenhum/branco/nulo - 19,5%
  • Não sabe/não respondeu - 7,5%

Cenário 2

  • Camilo Santana (PT) - 66,2%
  • Raimundo Matos (PL) - 2,8%
  • Marcelo Mendes (Pros) - 2,7%
  • Pastor Paixão - 2,5%
  • Nenhum/branco/nulo - 19,3%
  • Não sabe/não respondeu - 6,6%

Metodologia da pesquisa

O Paraná Pesquisas entrevistou 1.540 eleitores do Ceará entre os dias 1 e 6 de maio. O levantamento, contratado pelo próprio instituto, tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais e nível de confiança de 95%. Ele está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o protocolo CE-06551/2022.

Por que a Gazeta do Povo publica pesquisas eleitorais

A Gazeta do Povo publica há anos todas as pesquisas de intenção de voto realizadas pelos principais institutos de opinião pública do país. Você pode conferir os levantamentos mais recentes neste link, além de reportagens sobre o tema.

As pesquisas de intenção de voto fazem uma leitura de momento, com base em amostras representativas da população. Métodos de entrevistas, a composição e o número da amostra e até mesmo a forma como uma pergunta é feita são fatores que podem influenciar o resultado. Por isso é importante ficar atento às informações de metodologias, encontradas no fim das matérias da Gazeta do Povo sobre pesquisas eleitorais.

Feitos esse apontamentos, a Gazeta considera que as pesquisas eleitorais, longe de serem uma previsão do resultado das eleições, são uma ferramenta de informação à disposição do leitor, já que os resultados divulgados têm potencial de influenciar decisões de partidos, de lideranças políticas e até mesmo os humores do mercado financeiro.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]