Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A seleção brasileira se reuniu na manhã de ontem em Frank­­furt, na Alemanha. De lá, em­­barcou para Abu Dabi, onde realiza amanhã um amistoso contra o Irã. Como o trabalho do técnico Mano Menezes ainda está começando, os jogadores convocados comentaram sobre a importância desses jogos para conseguirem se firmar na equipe – depois de en­­frentar os iranianos, o Brasil jogará na próxima segunda contra a Ucrânia, na Inglaterra.

"É importantíssimo. Sobre­­tudo agora, que é o começo de um trabalho promissor. É uma opção que o Mano vem tomando, estar sempre reunindo o grupo mesmo quando não se pode jogar. Eu acho que o objetivo é esse: todos os jogadores que vêm sendo chamados possam se adaptar o quanto antes à comissão técnica", declarou o lateral-direito Daniel Alves, que fez parte do grupo que disputou a Copa do Mundo na África e vem sendo titular com o novo treinador da se­­leção.

"Sabemos que é de suma importância estar participando destes jogos da seleção e sabendo que vai ampliando meu ci­­clo em cada convocação e jogo que faço", concordou o lateral-esquerdo André Santos, outro titular neste início de trabalho de Mano Menezes. Até agora, a seleção brasileira realizou apenas um amistoso com o treinador: venceu os EUA por 2 a 0, em Nova Jersey (EUA).

Assim como outros convocados que atuam na Europa, Daniel Alves se juntou à seleção em Frankfurt, onde o grupo que tinha embarcado no Brasil fez a escala antes de seguir para Abu Dabi. Ele era um dos mais animados, pois completará quatro anos defendendo o Brasil amanhã.

"É especial para mim. Estou realizando um sonho que é permanecer tanto tempo na seleção brasileira", afirmou Daniel Alves.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]