Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Furacão contou com dois gols contra do Colo-Colo.
Furacão contou com dois gols contra do Colo-Colo.| Foto: Conmebol/Twitter

Com dois gols contra, o Athletico venceu o Colo-Colo por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (23), na Arena da Baixada. Com o resultado, a equipe assumiu a liderança isolada do Grupo C da Copa Libertadores, agora com 9 pontos de 12 disputados.

A classificação às oitavas de final pode ser consumada já na próxima rodada do torneio, na terça-feira (29), diante do boliviano Jorge Wilstermann, em Curitiba.

Tabela da Libertadores 2020: veja a classificação e todos os jogos

No jogo em que completou 60 partidas pela competição mais importante do continente, o Furacão não enfrentou dificuldades para vencer os chilenos, campeões em 1991. Pressionou no primeiro tempo e abriu a vantagem em apenas 14 minutos, quando Campos e Suazo mandaram contra a meta do Cacique.

Não houve sofrimento para manter o resultado no restante do confronto, mas time comandado por Eduardo Barros também tirou o pé do acelerador e criou menos oportunidades na etapa final.

Antes de tentar decidir a vaga na Libertadores, o Rubro-Negro volta a atenção pra o Brasileirão. O próximo compromisso é diante do Bahia, no sábado (26), também em casa.

Athletico não sofreu perigo contra os chilenos.
Athletico não sofreu perigo contra os chilenos.| Libertadores/Twitter

Diante do Colo-Colo, o Furacão atuou com desfalques. O time não contou com o atacante Walter, diagnosticado com coronavírus, e com Nikão, com uma entorse no tornozelo.

A partida foi movimentada nos minutos iniciais. Logo aos 4 minutos, o atacante Mouche sentiu dores e foi substituído por Léo Valencia. Instantes depois, o primeiro gol do Athletico. Após cobrança fechada de escanteio de Christian, Pedro Henrique subiu para a cabeçada, mas foi Suazo que desviou para dentro das redes.

Aos 12, placar ampliado para o Rubro-Negro. Chistian tocou para Léo Cittadini, o meia cruzou na área visando Erick. O volante alcançou, mas o chute foi dividido com Campos, que ficou como o autor do gol contra.

Libertadores 2020: Athletico x Colo-Colo – as informações do jogo no tempo real

O placar poderia ter sido ampliado aos 36. Jonathan, na direita, ajeitou de cabeça para Pedrinho, que chutou muito perto da trave esquerda do goleiro Cortés.

Na segunda etapa, o Furacão voltou a campo pressionando, mas preferiu manter o controle e segurar o placar. Aos 11, Christian mandou uma bomba da entrada da área e o goleiro Cortés precisou fazer um milagre para afastar.

Aos 29, Abner Vinícius correu pela esquerda, o goleio do Colo-Colo saiu da área e foi driblado. O lateral do Athletico precisava apenas chutar cruzado, mas escorregou e perdeu a chance de ampliar. No restante do jogo, o Rubro-Negro controlou a partida e, com calma, confirmou a vitória sobre os chilenos.

Ficha técnica de Athletico 2 x 0 Colo-Colo

LIBERTADORES
Grupo C - 4ª rodada
23/09/2020

ATHLETICO 2 x 0 COLO-COLO

Athletico
Santos; Jonathan (Jorginho), Thiago Heleno, Pedro Henrique e Márcio Azevedo (Abner Vinícius); Wellington, Erick, Christian (Léo Gomes) e Léo Cittadini (Lucho González); Fabinho e Pedrinho (Geuvânio).
Técnico: Eduardo Barros

Colo-Colo
Cortés; Opazo (Brayan Soto), Campos, Insaurralde e De la Fuente (Brayan Vejár); Fuentes, Suazo e Fernández (Carlos Carmona); Bolados (Gabriel Costa), Parranguez e Pablo Mouche (Léo Valencia). Técnico: Gualberto Jara

Gols: Suazo, 5/1º, Campos, 12/1º, ambos contra.
Cartões amarelos: Léo Cittadini (CAP); Léo Valencia, Brayan Soto (COL).
Local: Arena da Baixada.
Árbitro: Fernando Rapallini (Fifa-ARG).
Assistentes: Juan P. Belatti (Fifa-ARG) e Pablo Gonzalez (Fifa-ARG).

15 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]