Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Athletico repete sina como visitante e perde para o Colo-Colo no Chile
| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

Não foi dessa vez que o Athletico voltou a somar pontos jogando fora de casa na Libertadores. Nesta quarta-feira (11), o Furacão fez um jogo irregular e perdeu por 1 a 0 para o Colo-Colo, no Estádio Municipal David Arellano, pela segunda rodada do Grupo C da competição.

TABELA: Veja os jogos e a classificação da Libertadores 2020

O gol logo nos primeiros minutos atrapalhou o planejamento do Furacão, que por alguns momentos até se impôs diante do adversário, mas pouco criou e teve dificuldades também na marcação. Instantes após o apito final, o goleiro Jandrei ainda recebeu o cartão vermelho porque chutou a bola em direção ao árbitro.

Apesar da derrota, o time atleticano segue na segunda posição do grupo, com os mesmos três pontos que todos os quatro integrantes. Porém, fica atrás do Jorge Wilstermann e à frente do Colo-Colo no saldo de gols, empatado com o Peñarol. Na próxima rodada, a equipe vai até a Bolívia, enfrentar o primeiro colocado. O jogo é na terça-feira (17).

Veja como foi o jogo no tempo real

O Athletico começou o jogo muito acuado. Desde o início o Colo-Colo tomou as rédeas do jogo e foi pra cima. Contando com o apoio da torcida, a todo o momento os donos da casa obrigavam o Furacão a recuar e pouco conseguir sair do seu campo de defesa.

As jogadas eram todas construídas em cima do lado esquerdo da defesa atleticana. E foi justamente por ali que saiu o gol chileno. Logo aos dez minutos, Bolados avançou e cruzou na área para Mouche, de cabeça, empurrar para as redes.

Mas o gol serviu para mudar um pouco o panorama do confronto. O Rubro-Negro resolveu acordar e passou a criar mais, enquanto a torcida do Colo-Colo, curiosamente, diminuiu a empolgação, com o estádio ficando mais silencioso e a organizada apenas fazendo barulho.

Aos 22, o Athletico enfim levou perigo. E duas vezes seguidas em lances parecidos. Nos dois, Adriano cobrou escanteio pela direita e Thiago Heleno ganhou de cabeça. Na primeira houve desvio e a bola saiu por cima do gol. Depois, passou ao lado da trave direita.

No segundo tempo, o Furacão começou melhor, forçando mais a marcação e buscando a velocidade pelos lados. Aos seis minutos, quase veio o empate, mas Léo Cittadini, sozinho na área, furou na hora de chutar após cruzamento de Márcio Azevedo.

Só que a pressão durou pouco e o Colo-Colo acordou no jogo. Aos 17, Jandrei salvou um chute cara a cara de Blandí. Quatro minutos depois, Léo Valencia chutou da entrada da área e a bola passou à direita do goleiro.

No final, o jogo ficou com aquela verdadeira cara de Libertadores. Enquanto o Rubro-Negro buscava, aos trancos e barrancos, o empate, os chilenos passaram a se segurar mais, sem se expor tanto e tentando apenas os contra-ataques. O resultado foi um duelo truncado, até o apito do árbitro.

Ficha técnica

Copa Libertadores 2020
Grupo C – 2ª rodada
Colo-Colo 1x0 Athletico

Colo-Colo: Brayan Cortés; Óscar Opazo, Felipe Campos, Juan Insaurralde e Gabriel Suazo; César Fuentes, Carlos Carmona e Léo Valencia; Marcos Bolados (Brayan Vejár) e Pablo Mouche (Parraguez); Nicolás Blandi (Alarcón). Técnico: Gualberto Jara.
Athletico: Jandrei; Adriano (Vitinho), Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Erick (Marquinhos Gabriel) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Jajá), Nikão e Bissoli. Técnico: Dorival Júnior.
Local: Monumental David Arellano, em Santigo, Chile.
Árbitro: Nicolas Gallo (COL).
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e Wilmar Navarro (COL)
Gol: Pablo Mouche(COL), aos 10/1º.
Cartões amarelos: Felipe Campos, Óscar Opazo (COL); Carlos Eduardo, Márcio Azevedo (CAP).
Cartão vermelho: Jandrei (CAP).

39 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]