Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Macanhan foi o reserva solitário do São Bento contra  Criciúma e teve de jogar como atacante
Macanhan foi o reserva solitário do São Bento contra Criciúma e teve de jogar como atacante| Foto: Miguel Pessoa/Estadão Conteúdo

O São Bento viveu, na noite da última segunda-feira (26), um fato inédito e histórico. Mesmo contando somente com 12 jogadores para o jogo contra o Criciúma, devido a um surto de Covid-19 no elenco, o time conseguiu segurar o empate sem gols, no Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela 12ª rodada da primeira fase da Série C do Brasileirão.

A noite também foi inesquecível para o goleiro Lucas Macanhan, cria da base do Athletico e com passagem pelo Paraná. Aos 38 minutos do segundo tempo, quando o meia-atacante Coutinho teve de ser substituído, Macanhan era a única opção no banco de reservas e acabou entrando para atuar como centroavante.

Desajeitado, ele até tentou ficar dentro da área na espera de receber algum passe, sem sucesso. De qualquer maneira, o goleiro formado no CT do Caju acabou contribuindo para o time da casa segurar o empate mesmo diante do insólito cenário de contar com dois goleiros em campo ao mesmo tempo.

Macanhan durante treino no CT do Caju em 2016. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo
Macanhan durante treino no CT do Caju em 2016. Foto: Albari Rosa/Arquivo/Gazeta do Povo| Gazeta do Povo

São Bento tentou adiar a partida, sem sucesso

A direção do São Bento tentou evitar esta situação. Pediu junto à CBF o adiamento do jogo logo cedo, mas não obteve sucesso. O clube registrou 15 jogadores com Covid-19, um suspenso e quatro no departamento médico. Só restaram 12 jogadores, sendo três goleiros.

Ou seja, seriam só nove jogadores de linha para tentar a reabilitação no Grupo B. A solução foi escalar dois jogadores com sintomas, porém, com testes negativos, para completar o time. Os nomes deles, porém, não foram revelados.

Evandro, Pablo, Denner, Lucas Silva, Magrão, Sávio, Luis Henrique, Léo Aquino, Igor, Laércio, Marcelo, Ruan, Dogão, Alison e Fábio Bahia são os atletas com o novo coronavírus. Jair, Jheimy, Allan Vieira e Welisson se recuperam de lesão, enquanto Serginho está suspenso.

A CBF alegou que o São Bento tem 38 jogadores inscritos na Série C e 13 aptos para o jogo, número mínimo imposto pela entidade. A CBF ainda informou que o time paulista poderia relacionar jogadores da base, como aconteceu com o São Caetano no sábado passado. O clube escalou um time de base para evitar o W.O. na Série D, porém, acabou goleado por 9 a 0, pelo Pelotas-RS.

O São Bento contestou a posição da CBF, apelando para a preservação da saúde de todos os envolvidos na partida. "O Esporte Clube São Bento não compactua com a decisão da CBF em manter o jogo de hoje. Os protocolos sanitários foram e continuam sendo seguidos pelo ECSB, mas infelizmente um surto de covid-19 atingiu nosso elenco. Pedimos o adiamento da partida, mas o pleito foi recusado pela CBF, que confirmou o jogo para hoje. Acreditamos que essa decisão coloca em risco todos os profissionais que trabalharão na partida: comissão e atletas do ECSB, comissão e atletas do Criciúma, além dos fiscais, árbitros e apoios".

Macanhan busca recomeço na carreira no São Bento

Macanhan em treino no Paraná Clube. Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná
Macanhan em treino no Paraná Clube. Foto: Felipe Rosa/Tribuna do Paraná| Tribuna do Parana

Revelado como promessa do Athletico, Lucas Macanhan, 26 anos acabou não se firmando no Furacão. Ele fez somente quatro jogos pela equipe principal e acumulou empréstimos para Guaratinguetá, Grêmio Novorizontino e Paraná.

Na Vila Capanema, em 2019, acabou não entrando em campo pelo time principal, tendo defendido apenas o time sub-23 no Brasileirão de Aspirantes. Já neste ano, no São Bento, o arqueiro soma 25 partidas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]