Não foi uma apresentação primorosa, mas bastou para levar o Atlético-MG à segunda rodada da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, a equipe mineira bateu o Itabaiana-SE com autoridade, por 5 a 0, em Itabaiana, e eliminou o jogo de volta. Destaque para o experiente lateral-esquerdo Júnior, que abriu a goleada e teve boa atuação, e para o garoto Carlos Júnior, estreante da noite com o quarto e quinto gols. Diego Tardelli e Marcos Rocha completaram o placar.

Na próxima rodada, o Galo vai encarar o classificado de Caxias-RS e Guaratinguetá-SP. Nesta quarta, os paulistas venceram os gaúchos por 2 a 0, em casa, e estão em vantagem para o duelo na Serra Gaúcha, em 4 de março.

Quinze minutos perfeitos

Arrasador. Assim começou o Atlético-MG na partida. A equipe de Emerson Leão tratou logo de dominar o campo do adversário e pressionar. O resultado não demorou a aparecer. Aos 11, Júnior recebeu passe de Diego Tardelli, soltou uma bomba de perna esquerda no ângulo direito do goleiro Ricardo Gomes. Um golaço! Primeiro dele com a camisa alvinegra.

Depois de atacar como garçom, Tardelli fez o que sabe melhor, aos 14. Ele recebeu passe perfeito de Yuri, chutou forte no ângulo esquerdo do goleirão: 2 a 0. Décimo primeiro gol do atacante na temporada, e placar suficiente para eliminar o jogo de volta, no Mineirão.

Quando parecia que a goleada seria questão de tempo, o Galo simplesmente parou e deixou o Itabaiana se soltar na partida. Aos 20, Welton Felipe falhou feio, Berg invadiu a área, e Juninho saiu nos pés do atacante sergipano para evitar o pior. Sete minutos depois, o goleiro apareceu bem outra vez. Após cobrança de escanteio dos donos da casa, a zaga atleticana vacilou, mas Juninho estava atento.

Na lateral do campo, Leão começou a cobrar mais empenho do time. A ordem não surtiu efeito, a partida ficou lenta e se arrastou até o fim da primeira etapa.

Acorda, Galo!

Ainda sonolento, o Atlético-MG voltou para o segundo tempo sem muita criatividade. Mas não durou muito tempo. Aos 14, o lateral-direito Marcos Rocha recebeu passe perfeito de Júnior na área, dominou com estilo na coxa e soltou uma bomba. A bola foi morrer no canto direito de Ricardo Gomes. Primeiro gol do garoto como profissional, e vantagem ainda maior no placar.

Dominado, o Itabaiana não conseguiu mais se aproximar do gol de Juninho. E virou goleada. Carlos Júnior, estreante da noite, recebeu na entrada da área sete minutos depois de entrar no lugar de Yuri, arriscou de perna esquerda para o gol e venceu Ricardo Gomes. Bola na rede, e 4 a 0 no placar. E olha ele outra vez! Um minuto depois, Carlos Júnior recebeu passe açucarado de Érder Luis e não vacilou: 5 a 0.

Vitória firme para dar moral ao time após a derrota no clássico contra o Cruzeiro, pelo Campeonato Mineiro. A viagem do Itabaiana-SE à capital mineira fica para uma próxima oportunidade.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]